Thursday, February 17, 2005

Kill is love e Big Brother também!!!

Quem nunca torceu por um final feliz num filme de vingança atire a primeira pedra!!

Existem tantas teorias sobre a vingança, sempre em tom umanitário, quem nunca disse:
- Isso não leva a nada !
- É coisa de gente pequena, triste e sem vida própria !
- são pessoas fracas que não conseguem superar as dificuldades da vida, blá, blá, blá

Aí vamos pro cinema e torcemos ... pelo vingador!!!

Todos nós vibramos em filmes como Kill Bill, Dogville, Gladiador, Sleepers, Ela é o Diabo, Um sonho de liberdade, Clube das desquitadas, Karatê Kid (é tem vingança até para as crianças) ... sentimos no fundo do nosso peito um respeito imenso pelo seu drama, queremos que ele vença, não o vemos como um fraco, mas como um gigante, admiramos a sua coragem, a frieza e a inteligência de seus atos, a espera pelo momento certo. Acompanhamos de perto a sua luta, o superamento de suas fragilidades, de suas deficiências. E quando chega o momento final, torcemos despudoradamente (enquanto roemos as unhas) para que ele vença, e ficamos com um gosto amargo na boca quando o herói morre junto com o traidor. Nos sentimos traídos pelo diretor, não nos parece justo, mas às vezes acontece.

A pergunta é: porque temos essas atitudes tão contraditórias?
A resposta é simples: porque tendemos a torcer pelo bem, nós não somos o traidor, não somos aqueles que magoam, pisam nos outros e buscam a felicidade independente do sofrimento alheio. Não somos sem caráter, não fugimos, não roubamos, não tentamos levar vantagem em tudo, não escondemos nossos pecados. Será???

A maior prova de que a nossa avaliação à respeito de nós mesmos e de nossos atos, pode ser equivocada, foi vista no reality show Big Brother. Quem não adorou a saída do médico Rogério? E ele alí, julgando-se o máximo em popularidade, uma pessoa querida, inteligente, amada... Isso é o que acontece quando se isola um grupo de pessoas do resto do mundo. Faltou ao Rogério, um senso de realidade, alguém que lhe dissesse: "Cara, você é arrogante, preconceituoso, folgado, metido!!"

O Big Brother nosso de cada dia é a internet. Todos podemos ver e avaliar uns aos outros, nossos Blogs estão abertos para o mundo. Mas com um efeito contrário. Se no Big Brother da Tv é impossível passar semanas fingindo ser uma determinada pessoa (apesar de todos dizerem que "criaram um personagem") na Net isto é perfeitamente possível (apesar de todos dizerem que "seu blog é a essência de sua alma"). Na net criamos um personagem, podemos ser sensíveis, honrar pai e mãe, respeitar o próximo, amar a natureza, abominar o racismo, é apenas por algumas horas. E que medo se alguém me conhecer de verdade, se ler as minhas falsas ilusões de mim mesmo (porque é uma mentira inconsciente, gostaríamos de ser assim, tão verdadeiros, mas é difícil) se começar a me mandar e-mails jogando a verdade nua e crua na minha cara! Todos aqueles que me conheceram apenas por essas pequenas idiossincrasias criadas pela minha fantasia, podem se assustar, podem querer saber desse meu outro eu tão bem escondido!
Então, decretamos a sentença, eliminamos os comentários, ah, mas assim fica chato!! a nossa vaidade quer aquelas frases vazias: "adorei seu blog, visite o meu...". O que fazer? Tá decidido, com 92% dos votos: Eliminamos nós mesmos e fugimos para um outro canto!!! Onde o nosso personagem possa viver por mais algumas tecladas, protegido da realidade e talvez de nós mesmos.

Esse é também um dos motivos porque romances de net dificilmente dão certo na realidade, pode durar enquanto namoro de final de semana, melhor ainda se forem cidades diferentes e a possibilidade de se ver ficar restrita a uma vez por mês. Mas como fazer o nosso personagem durar uma vida inteira? Alguém tem a resposta?

28 Comments:

Anonymous Anonymous said...

PERDI O MEU CABAÇO NO CU COM UM CAVALO

CHAMO-ME PAULO, TENHO 22 ANOS E SEMPRE ADOREI SER ENRABADO, MAS NUNCA TINHA TIDO CORAGEM
DEVIDO A TER MEDO DE SER DESCOBERTO. SEMPRE QUE PODIA VESTIA AS CALCINHAS DA MINHA IRMÃ E IA PARA
A ESCOLA. UMA VEZ DEPILEI O MEU CU TODO E VESTI CINTO DE LIGAS E MEIAS SEM CALCINHAS E FUI MONTAR A CAVALO
PARA A QUINTA DO MEU PAI. AO SAIR A CAVALO REPAREI QUE O MEU CAVALO ESTAVA EXCITADO DEVIDO A UMAS EGUAS QUE ESTAVAM
POR PERTO, DEIXANDO SEU PAU DE FORA E FICANDO MUITO BRAVO. AO SENTIR AQUILO SAI DE CIMA DELE E FUI CAMINHANDO A PÉ PARA
VER SE O ACALMAVA. PASSADO UM POUCO VI QUE EKE CONTINUAVA IGUAL, COM UM PAU ENORME, E SENTI UMA VONTADE ENORME DE LHE TOCAR
PARA O ACALMAR, MAS FOI PIOR POIS AINDA SE EXCITOU MAIS. FOI QUANDO ME VEIO UMA IDEIA Á CABEÇA, METE-LO NA BOCA, AO TENTAR METER
A CABEÇA ENORME VI QUE SABIA MAL, ENTÃO DESPI AS CALÇAS E METI ENTRE AS PERNAS PARA O FAZER GOZAR. E COMESEI A METER O LIQUIDO QUE
ELE DEITAVA DO PAU NO MEU CU DEIXANDO-O BEM MOLHASO. FOI QUANDO NUM EXTINTO ENCOSTEI AQULA CABEÇA ENORME NO MEU CU PENSANDO QUE NÃO
PODIA ENTRAR SEVIDO AO SEU TAMANHO. SENTI TANTO PRAZER QUE ESTAVA QUASE GOZANDO E, ENPINEI MAIS A BUNDA, METENDO BEM NA ENTRADA DO CU,
FOI QUANDO AO MESMO TEMPO O CAVALO ME DÁ UMA ESTOCADA FORTE QUASE METENDO A CABEÇA PROVOCANDO-ME UMA DOR TÃO FORTE QUE IMEDIATAMENTE
TENTEI DESISTIR, MAS AO OLHAR PARA FRENTE ESTAVAM OS MEUS DOIS TIOS ME DIZENDO QUE NÃO PODIA DEIXAR O CAVALO ASSIM E ME AGARRARAM
METENDO-ME DE NOVO DEBAIXO DO CAVALO COM O PAU APONTADO AO MEU CU.. AO SENTIR AQUILO O CAVALO DA-ME OUTRA ESTOCADA LEVANDO-ME A TENTAR FUGIR
MAS NÃO FOI POSSIVEL POIS OS MEUS ME AGARRARAM COM FORÇA DEIXANDO-ME INDEFESO. QUANDO O CAVALO TORNOU A IR PARA A FRENTE, SENTI A MAIOR DOR DA
MINHA VIDA E COMECEI A CHORAR. MAS OS MEUS TIOS ME ABRIRAM O CU AINDA MAIS E ME ENPINARAM MAIS O CU PARA ENTRAR MELHOR. FOIQUANDOSENTI SER
COMPLETAMENTE RASGADO, OUVINDO O MEU TIO DIZER QUE JÁ TINHA ENTRADO A CABEÇA E QUE A PARTIR DE AGORA JÁ NÃO DOIA TANTO. PASSADO UM POUCO
SENTI QUE JÁ A DOR ESTAVA- ME EXCITANDO E SENTI ENTÃO ENTRAR UM BOCASO TÃO GRANDE QUE ME TOCOU NA BARRIGA FAZENDO COMQUE EU SAI-SE COMPLETAMENTE
OS MEUS TIOS ENTÃO ME TORNARAM A ENCOSTAR AQUELE PAU AO MEU CU , ENTRANDO QUASE METADE DE UMA VEZ DEIXANDO O CAVALO GOZAR DENTRO DE MIM

5:14 PM, February 28, 2005  
Anonymous Anonymous said...

PERDI O MEU CABAÇO NO CU COM UM CAVALO

CHAMO-ME PAULO, TENHO 22 ANOS E SEMPRE ADOREI SER ENRABADO, MAS NUNCA TINHA TIDO CORAGEM
DEVIDO A TER MEDO DE SER DESCOBERTO. SEMPRE QUE PODIA VESTIA AS CALCINHAS DA MINHA IRMÃ E IA PARA
A ESCOLA. UMA VEZ DEPILEI O MEU CU TODO E VESTI CINTO DE LIGAS E MEIAS SEM CALCINHAS E FUI MONTAR A CAVALO
PARA A QUINTA DO MEU PAI. AO SAIR A CAVALO REPAREI QUE O MEU CAVALO ESTAVA EXCITADO DEVIDO A UMAS EGUAS QUE ESTAVAM
POR PERTO, DEIXANDO SEU PAU DE FORA E FICANDO MUITO BRAVO. AO SENTIR AQUILO SAI DE CIMA DELE E FUI CAMINHANDO A PÉ PARA
VER SE O ACALMAVA. PASSADO UM POUCO VI QUE EKE CONTINUAVA IGUAL, COM UM PAU ENORME, E SENTI UMA VONTADE ENORME DE LHE TOCAR
PARA O ACALMAR, MAS FOI PIOR POIS AINDA SE EXCITOU MAIS. FOI QUANDO ME VEIO UMA IDEIA Á CABEÇA, METE-LO NA BOCA, AO TENTAR METER
A CABEÇA ENORME VI QUE SABIA MAL, ENTÃO DESPI AS CALÇAS E METI ENTRE AS PERNAS PARA O FAZER GOZAR. E COMESEI A METER O LIQUIDO QUE
ELE DEITAVA DO PAU NO MEU CU DEIXANDO-O BEM MOLHASO. FOI QUANDO NUM EXTINTO ENCOSTEI AQULA CABEÇA ENORME NO MEU CU PENSANDO QUE NÃO
PODIA ENTRAR SEVIDO AO SEU TAMANHO. SENTI TANTO PRAZER QUE ESTAVA QUASE GOZANDO E, ENPINEI MAIS A BUNDA, METENDO BEM NA ENTRADA DO CU,
FOI QUANDO AO MESMO TEMPO O CAVALO ME DÁ UMA ESTOCADA FORTE QUASE METENDO A CABEÇA PROVOCANDO-ME UMA DOR TÃO FORTE QUE IMEDIATAMENTE
TENTEI DESISTIR, MAS AO OLHAR PARA FRENTE ESTAVAM OS MEUS DOIS TIOS ME DIZENDO QUE NÃO PODIA DEIXAR O CAVALO ASSIM E ME AGARRARAM
METENDO-ME DE NOVO DEBAIXO DO CAVALO COM O PAU APONTADO AO MEU CU.. AO SENTIR AQUILO O CAVALO DA-ME OUTRA ESTOCADA LEVANDO-ME A TENTAR FUGIR
MAS NÃO FOI POSSIVEL POIS OS MEUS ME AGARRARAM COM FORÇA DEIXANDO-ME INDEFESO. QUANDO O CAVALO TORNOU A IR PARA A FRENTE, SENTI A MAIOR DOR DA
MINHA VIDA E COMECEI A CHORAR. MAS OS MEUS TIOS ME ABRIRAM O CU AINDA MAIS E ME ENPINARAM MAIS O CU PARA ENTRAR MELHOR. FOIQUANDOSENTI SER
COMPLETAMENTE RASGADO, OUVINDO O MEU TIO DIZER QUE JÁ TINHA ENTRADO A CABEÇA E QUE A PARTIR DE AGORA JÁ NÃO DOIA TANTO. PASSADO UM POUCO
SENTI QUE JÁ A DOR ESTAVA- ME EXCITANDO E SENTI ENTÃO ENTRAR UM BOCASO TÃO GRANDE QUE ME TOCOU NA BARRIGA FAZENDO COMQUE EU SAI-SE COMPLETAMENTE
OS MEUS TIOS ENTÃO ME TORNARAM A ENCOSTAR AQUELE PAU AO MEU CU , ENTRANDO QUASE METADE DE UMA VEZ DEIXANDO O CAVALO GOZAR DENTRO DE MIM

5:15 PM, February 28, 2005  
Anonymous Anonymous said...

PERDI O MEU CABAÇO NO CU COM UM CAVALO

CHAMO-ME PAULO, TENHO 22 ANOS E SEMPRE ADOREI SER ENRABADO, MAS NUNCA TINHA TIDO CORAGEM
DEVIDO A TER MEDO DE SER DESCOBERTO. SEMPRE QUE PODIA VESTIA AS CALCINHAS DA MINHA IRMÃ E IA PARA
A ESCOLA. UMA VEZ DEPILEI O MEU CU TODO E VESTI CINTO DE LIGAS E MEIAS SEM CALCINHAS E FUI MONTAR A CAVALO
PARA A QUINTA DO MEU PAI. AO SAIR A CAVALO REPAREI QUE O MEU CAVALO ESTAVA EXCITADO DEVIDO A UMAS EGUAS QUE ESTAVAM
POR PERTO, DEIXANDO SEU PAU DE FORA E FICANDO MUITO BRAVO. AO SENTIR AQUILO SAI DE CIMA DELE E FUI CAMINHANDO A PÉ PARA
VER SE O ACALMAVA. PASSADO UM POUCO VI QUE EKE CONTINUAVA IGUAL, COM UM PAU ENORME, E SENTI UMA VONTADE ENORME DE LHE TOCAR
PARA O ACALMAR, MAS FOI PIOR POIS AINDA SE EXCITOU MAIS. FOI QUANDO ME VEIO UMA IDEIA Á CABEÇA, METE-LO NA BOCA, AO TENTAR METER
A CABEÇA ENORME VI QUE SABIA MAL, ENTÃO DESPI AS CALÇAS E METI ENTRE AS PERNAS PARA O FAZER GOZAR. E COMESEI A METER O LIQUIDO QUE
ELE DEITAVA DO PAU NO MEU CU DEIXANDO-O BEM MOLHASO. FOI QUANDO NUM EXTINTO ENCOSTEI AQULA CABEÇA ENORME NO MEU CU PENSANDO QUE NÃO
PODIA ENTRAR SEVIDO AO SEU TAMANHO. SENTI TANTO PRAZER QUE ESTAVA QUASE GOZANDO E, ENPINEI MAIS A BUNDA, METENDO BEM NA ENTRADA DO CU,
FOI QUANDO AO MESMO TEMPO O CAVALO ME DÁ UMA ESTOCADA FORTE QUASE METENDO A CABEÇA PROVOCANDO-ME UMA DOR TÃO FORTE QUE IMEDIATAMENTE
TENTEI DESISTIR, MAS AO OLHAR PARA FRENTE ESTAVAM OS MEUS DOIS TIOS ME DIZENDO QUE NÃO PODIA DEIXAR O CAVALO ASSIM E ME AGARRARAM
METENDO-ME DE NOVO DEBAIXO DO CAVALO COM O PAU APONTADO AO MEU CU.. AO SENTIR AQUILO O CAVALO DA-ME OUTRA ESTOCADA LEVANDO-ME A TENTAR FUGIR
MAS NÃO FOI POSSIVEL POIS OS MEUS ME AGARRARAM COM FORÇA DEIXANDO-ME INDEFESO. QUANDO O CAVALO TORNOU A IR PARA A FRENTE, SENTI A MAIOR DOR DA
MINHA VIDA E COMECEI A CHORAR. MAS OS MEUS TIOS ME ABRIRAM O CU AINDA MAIS E ME ENPINARAM MAIS O CU PARA ENTRAR MELHOR. FOIQUANDOSENTI SER
COMPLETAMENTE RASGADO, OUVINDO O MEU TIO DIZER QUE JÁ TINHA ENTRADO A CABEÇA E QUE A PARTIR DE AGORA JÁ NÃO DOIA TANTO. PASSADO UM POUCO
SENTI QUE JÁ A DOR ESTAVA- ME EXCITANDO E SENTI ENTÃO ENTRAR UM BOCASO TÃO GRANDE QUE ME TOCOU NA BARRIGA FAZENDO COMQUE EU SAI-SE COMPLETAMENTE
OS MEUS TIOS ENTÃO ME TORNARAM A ENCOSTAR AQUELE PAU AO MEU CU , ENTRANDO QUASE METADE DE UMA VEZ DEIXANDO O CAVALO GOZAR DENTRO DE MIM

5:15 PM, February 28, 2005  
Anonymous Anonymous said...

PERDI O MEU CABAÇO NO CU COM UM CAVALO

CHAMO-ME PAULO, TENHO 22 ANOS E SEMPRE ADOREI SER ENRABADO, MAS NUNCA TINHA TIDO CORAGEM
DEVIDO A TER MEDO DE SER DESCOBERTO. SEMPRE QUE PODIA VESTIA AS CALCINHAS DA MINHA IRMÃ E IA PARA
A ESCOLA. UMA VEZ DEPILEI O MEU CU TODO E VESTI CINTO DE LIGAS E MEIAS SEM CALCINHAS E FUI MONTAR A CAVALO
PARA A QUINTA DO MEU PAI. AO SAIR A CAVALO REPAREI QUE O MEU CAVALO ESTAVA EXCITADO DEVIDO A UMAS EGUAS QUE ESTAVAM
POR PERTO, DEIXANDO SEU PAU DE FORA E FICANDO MUITO BRAVO. AO SENTIR AQUILO SAI DE CIMA DELE E FUI CAMINHANDO A PÉ PARA
VER SE O ACALMAVA. PASSADO UM POUCO VI QUE EKE CONTINUAVA IGUAL, COM UM PAU ENORME, E SENTI UMA VONTADE ENORME DE LHE TOCAR
PARA O ACALMAR, MAS FOI PIOR POIS AINDA SE EXCITOU MAIS. FOI QUANDO ME VEIO UMA IDEIA Á CABEÇA, METE-LO NA BOCA, AO TENTAR METER
A CABEÇA ENORME VI QUE SABIA MAL, ENTÃO DESPI AS CALÇAS E METI ENTRE AS PERNAS PARA O FAZER GOZAR. E COMESEI A METER O LIQUIDO QUE
ELE DEITAVA DO PAU NO MEU CU DEIXANDO-O BEM MOLHASO. FOI QUANDO NUM EXTINTO ENCOSTEI AQULA CABEÇA ENORME NO MEU CU PENSANDO QUE NÃO
PODIA ENTRAR SEVIDO AO SEU TAMANHO. SENTI TANTO PRAZER QUE ESTAVA QUASE GOZANDO E, ENPINEI MAIS A BUNDA, METENDO BEM NA ENTRADA DO CU,
FOI QUANDO AO MESMO TEMPO O CAVALO ME DÁ UMA ESTOCADA FORTE QUASE METENDO A CABEÇA PROVOCANDO-ME UMA DOR TÃO FORTE QUE IMEDIATAMENTE
TENTEI DESISTIR, MAS AO OLHAR PARA FRENTE ESTAVAM OS MEUS DOIS TIOS ME DIZENDO QUE NÃO PODIA DEIXAR O CAVALO ASSIM E ME AGARRARAM
METENDO-ME DE NOVO DEBAIXO DO CAVALO COM O PAU APONTADO AO MEU CU.. AO SENTIR AQUILO O CAVALO DA-ME OUTRA ESTOCADA LEVANDO-ME A TENTAR FUGIR
MAS NÃO FOI POSSIVEL POIS OS MEUS ME AGARRARAM COM FORÇA DEIXANDO-ME INDEFESO. QUANDO O CAVALO TORNOU A IR PARA A FRENTE, SENTI A MAIOR DOR DA
MINHA VIDA E COMECEI A CHORAR. MAS OS MEUS TIOS ME ABRIRAM O CU AINDA MAIS E ME ENPINARAM MAIS O CU PARA ENTRAR MELHOR. FOIQUANDOSENTI SER
COMPLETAMENTE RASGADO, OUVINDO O MEU TIO DIZER QUE JÁ TINHA ENTRADO A CABEÇA E QUE A PARTIR DE AGORA JÁ NÃO DOIA TANTO. PASSADO UM POUCO
SENTI QUE JÁ A DOR ESTAVA- ME EXCITANDO E SENTI ENTÃO ENTRAR UM BOCASO TÃO GRANDE QUE ME TOCOU NA BARRIGA FAZENDO COMQUE EU SAI-SE COMPLETAMENTE
OS MEUS TIOS ENTÃO ME TORNARAM A ENCOSTAR AQUELE PAU AO MEU CU , ENTRANDO QUASE METADE DE UMA VEZ DEIXANDO O CAVALO GOZAR DENTRO DE MIM

5:15 PM, February 28, 2005  
Anonymous Anonymous said...

PERDI O MEU CABAÇO NO CU COM UM CAVALO

CHAMO-ME PAULO, TENHO 22 ANOS E SEMPRE ADOREI SER ENRABADO, MAS NUNCA TINHA TIDO CORAGEM
DEVIDO A TER MEDO DE SER DESCOBERTO. SEMPRE QUE PODIA VESTIA AS CALCINHAS DA MINHA IRMÃ E IA PARA
A ESCOLA. UMA VEZ DEPILEI O MEU CU TODO E VESTI CINTO DE LIGAS E MEIAS SEM CALCINHAS E FUI MONTAR A CAVALO
PARA A QUINTA DO MEU PAI. AO SAIR A CAVALO REPAREI QUE O MEU CAVALO ESTAVA EXCITADO DEVIDO A UMAS EGUAS QUE ESTAVAM
POR PERTO, DEIXANDO SEU PAU DE FORA E FICANDO MUITO BRAVO. AO SENTIR AQUILO SAI DE CIMA DELE E FUI CAMINHANDO A PÉ PARA
VER SE O ACALMAVA. PASSADO UM POUCO VI QUE EKE CONTINUAVA IGUAL, COM UM PAU ENORME, E SENTI UMA VONTADE ENORME DE LHE TOCAR
PARA O ACALMAR, MAS FOI PIOR POIS AINDA SE EXCITOU MAIS. FOI QUANDO ME VEIO UMA IDEIA Á CABEÇA, METE-LO NA BOCA, AO TENTAR METER
A CABEÇA ENORME VI QUE SABIA MAL, ENTÃO DESPI AS CALÇAS E METI ENTRE AS PERNAS PARA O FAZER GOZAR. E COMESEI A METER O LIQUIDO QUE
ELE DEITAVA DO PAU NO MEU CU DEIXANDO-O BEM MOLHASO. FOI QUANDO NUM EXTINTO ENCOSTEI AQULA CABEÇA ENORME NO MEU CU PENSANDO QUE NÃO
PODIA ENTRAR SEVIDO AO SEU TAMANHO. SENTI TANTO PRAZER QUE ESTAVA QUASE GOZANDO E, ENPINEI MAIS A BUNDA, METENDO BEM NA ENTRADA DO CU,
FOI QUANDO AO MESMO TEMPO O CAVALO ME DÁ UMA ESTOCADA FORTE QUASE METENDO A CABEÇA PROVOCANDO-ME UMA DOR TÃO FORTE QUE IMEDIATAMENTE
TENTEI DESISTIR, MAS AO OLHAR PARA FRENTE ESTAVAM OS MEUS DOIS TIOS ME DIZENDO QUE NÃO PODIA DEIXAR O CAVALO ASSIM E ME AGARRARAM
METENDO-ME DE NOVO DEBAIXO DO CAVALO COM O PAU APONTADO AO MEU CU.. AO SENTIR AQUILO O CAVALO DA-ME OUTRA ESTOCADA LEVANDO-ME A TENTAR FUGIR
MAS NÃO FOI POSSIVEL POIS OS MEUS ME AGARRARAM COM FORÇA DEIXANDO-ME INDEFESO. QUANDO O CAVALO TORNOU A IR PARA A FRENTE, SENTI A MAIOR DOR DA
MINHA VIDA E COMECEI A CHORAR. MAS OS MEUS TIOS ME ABRIRAM O CU AINDA MAIS E ME ENPINARAM MAIS O CU PARA ENTRAR MELHOR. FOIQUANDOSENTI SER
COMPLETAMENTE RASGADO, OUVINDO O MEU TIO DIZER QUE JÁ TINHA ENTRADO A CABEÇA E QUE A PARTIR DE AGORA JÁ NÃO DOIA TANTO. PASSADO UM POUCO
SENTI QUE JÁ A DOR ESTAVA- ME EXCITANDO E SENTI ENTÃO ENTRAR UM BOCASO TÃO GRANDE QUE ME TOCOU NA BARRIGA FAZENDO COMQUE EU SAI-SE COMPLETAMENTE
OS MEUS TIOS ENTÃO ME TORNARAM A ENCOSTAR AQUELE PAU AO MEU CU , ENTRANDO QUASE METADE DE UMA VEZ DEIXANDO O CAVALO GOZAR DENTRO DE MIM

5:15 PM, February 28, 2005  
Anonymous Anonymous said...

PERDI O MEU CABAÇO NO CU COM UM CAVALO

CHAMO-ME PAULO, TENHO 22 ANOS E SEMPRE ADOREI SER ENRABADO, MAS NUNCA TINHA TIDO CORAGEM
DEVIDO A TER MEDO DE SER DESCOBERTO. SEMPRE QUE PODIA VESTIA AS CALCINHAS DA MINHA IRMÃ E IA PARA
A ESCOLA. UMA VEZ DEPILEI O MEU CU TODO E VESTI CINTO DE LIGAS E MEIAS SEM CALCINHAS E FUI MONTAR A CAVALO
PARA A QUINTA DO MEU PAI. AO SAIR A CAVALO REPAREI QUE O MEU CAVALO ESTAVA EXCITADO DEVIDO A UMAS EGUAS QUE ESTAVAM
POR PERTO, DEIXANDO SEU PAU DE FORA E FICANDO MUITO BRAVO. AO SENTIR AQUILO SAI DE CIMA DELE E FUI CAMINHANDO A PÉ PARA
VER SE O ACALMAVA. PASSADO UM POUCO VI QUE EKE CONTINUAVA IGUAL, COM UM PAU ENORME, E SENTI UMA VONTADE ENORME DE LHE TOCAR
PARA O ACALMAR, MAS FOI PIOR POIS AINDA SE EXCITOU MAIS. FOI QUANDO ME VEIO UMA IDEIA Á CABEÇA, METE-LO NA BOCA, AO TENTAR METER
A CABEÇA ENORME VI QUE SABIA MAL, ENTÃO DESPI AS CALÇAS E METI ENTRE AS PERNAS PARA O FAZER GOZAR. E COMESEI A METER O LIQUIDO QUE
ELE DEITAVA DO PAU NO MEU CU DEIXANDO-O BEM MOLHASO. FOI QUANDO NUM EXTINTO ENCOSTEI AQULA CABEÇA ENORME NO MEU CU PENSANDO QUE NÃO
PODIA ENTRAR SEVIDO AO SEU TAMANHO. SENTI TANTO PRAZER QUE ESTAVA QUASE GOZANDO E, ENPINEI MAIS A BUNDA, METENDO BEM NA ENTRADA DO CU,
FOI QUANDO AO MESMO TEMPO O CAVALO ME DÁ UMA ESTOCADA FORTE QUASE METENDO A CABEÇA PROVOCANDO-ME UMA DOR TÃO FORTE QUE IMEDIATAMENTE
TENTEI DESISTIR, MAS AO OLHAR PARA FRENTE ESTAVAM OS MEUS DOIS TIOS ME DIZENDO QUE NÃO PODIA DEIXAR O CAVALO ASSIM E ME AGARRARAM
METENDO-ME DE NOVO DEBAIXO DO CAVALO COM O PAU APONTADO AO MEU CU.. AO SENTIR AQUILO O CAVALO DA-ME OUTRA ESTOCADA LEVANDO-ME A TENTAR FUGIR
MAS NÃO FOI POSSIVEL POIS OS MEUS ME AGARRARAM COM FORÇA DEIXANDO-ME INDEFESO. QUANDO O CAVALO TORNOU A IR PARA A FRENTE, SENTI A MAIOR DOR DA
MINHA VIDA E COMECEI A CHORAR. MAS OS MEUS TIOS ME ABRIRAM O CU AINDA MAIS E ME ENPINARAM MAIS O CU PARA ENTRAR MELHOR. FOIQUANDOSENTI SER
COMPLETAMENTE RASGADO, OUVINDO O MEU TIO DIZER QUE JÁ TINHA ENTRADO A CABEÇA E QUE A PARTIR DE AGORA JÁ NÃO DOIA TANTO. PASSADO UM POUCO
SENTI QUE JÁ A DOR ESTAVA- ME EXCITANDO E SENTI ENTÃO ENTRAR UM BOCASO TÃO GRANDE QUE ME TOCOU NA BARRIGA FAZENDO COMQUE EU SAI-SE COMPLETAMENTE
OS MEUS TIOS ENTÃO ME TORNARAM A ENCOSTAR AQUELE PAU AO MEU CU , ENTRANDO QUASE METADE DE UMA VEZ DEIXANDO O CAVALO GOZAR DENTRO DE MIM

5:15 PM, February 28, 2005  
Anonymous Anonymous said...

PERDI O MEU CABAÇO NO CU COM UM CAVALO

CHAMO-ME PAULO, TENHO 22 ANOS E SEMPRE ADOREI SER ENRABADO, MAS NUNCA TINHA TIDO CORAGEM
DEVIDO A TER MEDO DE SER DESCOBERTO. SEMPRE QUE PODIA VESTIA AS CALCINHAS DA MINHA IRMÃ E IA PARA
A ESCOLA. UMA VEZ DEPILEI O MEU CU TODO E VESTI CINTO DE LIGAS E MEIAS SEM CALCINHAS E FUI MONTAR A CAVALO
PARA A QUINTA DO MEU PAI. AO SAIR A CAVALO REPAREI QUE O MEU CAVALO ESTAVA EXCITADO DEVIDO A UMAS EGUAS QUE ESTAVAM
POR PERTO, DEIXANDO SEU PAU DE FORA E FICANDO MUITO BRAVO. AO SENTIR AQUILO SAI DE CIMA DELE E FUI CAMINHANDO A PÉ PARA
VER SE O ACALMAVA. PASSADO UM POUCO VI QUE EKE CONTINUAVA IGUAL, COM UM PAU ENORME, E SENTI UMA VONTADE ENORME DE LHE TOCAR
PARA O ACALMAR, MAS FOI PIOR POIS AINDA SE EXCITOU MAIS. FOI QUANDO ME VEIO UMA IDEIA Á CABEÇA, METE-LO NA BOCA, AO TENTAR METER
A CABEÇA ENORME VI QUE SABIA MAL, ENTÃO DESPI AS CALÇAS E METI ENTRE AS PERNAS PARA O FAZER GOZAR. E COMESEI A METER O LIQUIDO QUE
ELE DEITAVA DO PAU NO MEU CU DEIXANDO-O BEM MOLHASO. FOI QUANDO NUM EXTINTO ENCOSTEI AQULA CABEÇA ENORME NO MEU CU PENSANDO QUE NÃO
PODIA ENTRAR SEVIDO AO SEU TAMANHO. SENTI TANTO PRAZER QUE ESTAVA QUASE GOZANDO E, ENPINEI MAIS A BUNDA, METENDO BEM NA ENTRADA DO CU,
FOI QUANDO AO MESMO TEMPO O CAVALO ME DÁ UMA ESTOCADA FORTE QUASE METENDO A CABEÇA PROVOCANDO-ME UMA DOR TÃO FORTE QUE IMEDIATAMENTE
TENTEI DESISTIR, MAS AO OLHAR PARA FRENTE ESTAVAM OS MEUS DOIS TIOS ME DIZENDO QUE NÃO PODIA DEIXAR O CAVALO ASSIM E ME AGARRARAM
METENDO-ME DE NOVO DEBAIXO DO CAVALO COM O PAU APONTADO AO MEU CU.. AO SENTIR AQUILO O CAVALO DA-ME OUTRA ESTOCADA LEVANDO-ME A TENTAR FUGIR
MAS NÃO FOI POSSIVEL POIS OS MEUS ME AGARRARAM COM FORÇA DEIXANDO-ME INDEFESO. QUANDO O CAVALO TORNOU A IR PARA A FRENTE, SENTI A MAIOR DOR DA
MINHA VIDA E COMECEI A CHORAR. MAS OS MEUS TIOS ME ABRIRAM O CU AINDA MAIS E ME ENPINARAM MAIS O CU PARA ENTRAR MELHOR. FOIQUANDOSENTI SER
COMPLETAMENTE RASGADO, OUVINDO O MEU TIO DIZER QUE JÁ TINHA ENTRADO A CABEÇA E QUE A PARTIR DE AGORA JÁ NÃO DOIA TANTO. PASSADO UM POUCO
SENTI QUE JÁ A DOR ESTAVA- ME EXCITANDO E SENTI ENTÃO ENTRAR UM BOCASO TÃO GRANDE QUE ME TOCOU NA BARRIGA FAZENDO COMQUE EU SAI-SE COMPLETAMENTE
OS MEUS TIOS ENTÃO ME TORNARAM A ENCOSTAR AQUELE PAU AO MEU CU , ENTRANDO QUASE METADE DE UMA VEZ DEIXANDO O CAVALO GOZAR DENTRO DE MIM

5:15 PM, February 28, 2005  
Anonymous Anonymous said...

PERDI O MEU CABAÇO NO CU COM UM CAVALO

CHAMO-ME PAULO, TENHO 22 ANOS E SEMPRE ADOREI SER ENRABADO, MAS NUNCA TINHA TIDO CORAGEM
DEVIDO A TER MEDO DE SER DESCOBERTO. SEMPRE QUE PODIA VESTIA AS CALCINHAS DA MINHA IRMÃ E IA PARA
A ESCOLA. UMA VEZ DEPILEI O MEU CU TODO E VESTI CINTO DE LIGAS E MEIAS SEM CALCINHAS E FUI MONTAR A CAVALO
PARA A QUINTA DO MEU PAI. AO SAIR A CAVALO REPAREI QUE O MEU CAVALO ESTAVA EXCITADO DEVIDO A UMAS EGUAS QUE ESTAVAM
POR PERTO, DEIXANDO SEU PAU DE FORA E FICANDO MUITO BRAVO. AO SENTIR AQUILO SAI DE CIMA DELE E FUI CAMINHANDO A PÉ PARA
VER SE O ACALMAVA. PASSADO UM POUCO VI QUE EKE CONTINUAVA IGUAL, COM UM PAU ENORME, E SENTI UMA VONTADE ENORME DE LHE TOCAR
PARA O ACALMAR, MAS FOI PIOR POIS AINDA SE EXCITOU MAIS. FOI QUANDO ME VEIO UMA IDEIA Á CABEÇA, METE-LO NA BOCA, AO TENTAR METER
A CABEÇA ENORME VI QUE SABIA MAL, ENTÃO DESPI AS CALÇAS E METI ENTRE AS PERNAS PARA O FAZER GOZAR. E COMESEI A METER O LIQUIDO QUE
ELE DEITAVA DO PAU NO MEU CU DEIXANDO-O BEM MOLHASO. FOI QUANDO NUM EXTINTO ENCOSTEI AQULA CABEÇA ENORME NO MEU CU PENSANDO QUE NÃO
PODIA ENTRAR SEVIDO AO SEU TAMANHO. SENTI TANTO PRAZER QUE ESTAVA QUASE GOZANDO E, ENPINEI MAIS A BUNDA, METENDO BEM NA ENTRADA DO CU,
FOI QUANDO AO MESMO TEMPO O CAVALO ME DÁ UMA ESTOCADA FORTE QUASE METENDO A CABEÇA PROVOCANDO-ME UMA DOR TÃO FORTE QUE IMEDIATAMENTE
TENTEI DESISTIR, MAS AO OLHAR PARA FRENTE ESTAVAM OS MEUS DOIS TIOS ME DIZENDO QUE NÃO PODIA DEIXAR O CAVALO ASSIM E ME AGARRARAM
METENDO-ME DE NOVO DEBAIXO DO CAVALO COM O PAU APONTADO AO MEU CU.. AO SENTIR AQUILO O CAVALO DA-ME OUTRA ESTOCADA LEVANDO-ME A TENTAR FUGIR
MAS NÃO FOI POSSIVEL POIS OS MEUS ME AGARRARAM COM FORÇA DEIXANDO-ME INDEFESO. QUANDO O CAVALO TORNOU A IR PARA A FRENTE, SENTI A MAIOR DOR DA
MINHA VIDA E COMECEI A CHORAR. MAS OS MEUS TIOS ME ABRIRAM O CU AINDA MAIS E ME ENPINARAM MAIS O CU PARA ENTRAR MELHOR. FOIQUANDOSENTI SER
COMPLETAMENTE RASGADO, OUVINDO O MEU TIO DIZER QUE JÁ TINHA ENTRADO A CABEÇA E QUE A PARTIR DE AGORA JÁ NÃO DOIA TANTO. PASSADO UM POUCO
SENTI QUE JÁ A DOR ESTAVA- ME EXCITANDO E SENTI ENTÃO ENTRAR UM BOCASO TÃO GRANDE QUE ME TOCOU NA BARRIGA FAZENDO COMQUE EU SAI-SE COMPLETAMENTE
OS MEUS TIOS ENTÃO ME TORNARAM A ENCOSTAR AQUELE PAU AO MEU CU , ENTRANDO QUASE METADE DE UMA VEZ DEIXANDO O CAVALO GOZAR DENTRO DE MIM

5:15 PM, February 28, 2005  
Anonymous Anonymous said...

PERDI O MEU CABAÇO NO CU COM UM CAVALO

CHAMO-ME PAULO, TENHO 22 ANOS E SEMPRE ADOREI SER ENRABADO, MAS NUNCA TINHA TIDO CORAGEM
DEVIDO A TER MEDO DE SER DESCOBERTO. SEMPRE QUE PODIA VESTIA AS CALCINHAS DA MINHA IRMÃ E IA PARA
A ESCOLA. UMA VEZ DEPILEI O MEU CU TODO E VESTI CINTO DE LIGAS E MEIAS SEM CALCINHAS E FUI MONTAR A CAVALO
PARA A QUINTA DO MEU PAI. AO SAIR A CAVALO REPAREI QUE O MEU CAVALO ESTAVA EXCITADO DEVIDO A UMAS EGUAS QUE ESTAVAM
POR PERTO, DEIXANDO SEU PAU DE FORA E FICANDO MUITO BRAVO. AO SENTIR AQUILO SAI DE CIMA DELE E FUI CAMINHANDO A PÉ PARA
VER SE O ACALMAVA. PASSADO UM POUCO VI QUE EKE CONTINUAVA IGUAL, COM UM PAU ENORME, E SENTI UMA VONTADE ENORME DE LHE TOCAR
PARA O ACALMAR, MAS FOI PIOR POIS AINDA SE EXCITOU MAIS. FOI QUANDO ME VEIO UMA IDEIA Á CABEÇA, METE-LO NA BOCA, AO TENTAR METER
A CABEÇA ENORME VI QUE SABIA MAL, ENTÃO DESPI AS CALÇAS E METI ENTRE AS PERNAS PARA O FAZER GOZAR. E COMESEI A METER O LIQUIDO QUE
ELE DEITAVA DO PAU NO MEU CU DEIXANDO-O BEM MOLHASO. FOI QUANDO NUM EXTINTO ENCOSTEI AQULA CABEÇA ENORME NO MEU CU PENSANDO QUE NÃO
PODIA ENTRAR SEVIDO AO SEU TAMANHO. SENTI TANTO PRAZER QUE ESTAVA QUASE GOZANDO E, ENPINEI MAIS A BUNDA, METENDO BEM NA ENTRADA DO CU,
FOI QUANDO AO MESMO TEMPO O CAVALO ME DÁ UMA ESTOCADA FORTE QUASE METENDO A CABEÇA PROVOCANDO-ME UMA DOR TÃO FORTE QUE IMEDIATAMENTE
TENTEI DESISTIR, MAS AO OLHAR PARA FRENTE ESTAVAM OS MEUS DOIS TIOS ME DIZENDO QUE NÃO PODIA DEIXAR O CAVALO ASSIM E ME AGARRARAM
METENDO-ME DE NOVO DEBAIXO DO CAVALO COM O PAU APONTADO AO MEU CU.. AO SENTIR AQUILO O CAVALO DA-ME OUTRA ESTOCADA LEVANDO-ME A TENTAR FUGIR
MAS NÃO FOI POSSIVEL POIS OS MEUS ME AGARRARAM COM FORÇA DEIXANDO-ME INDEFESO. QUANDO O CAVALO TORNOU A IR PARA A FRENTE, SENTI A MAIOR DOR DA
MINHA VIDA E COMECEI A CHORAR. MAS OS MEUS TIOS ME ABRIRAM O CU AINDA MAIS E ME ENPINARAM MAIS O CU PARA ENTRAR MELHOR. FOIQUANDOSENTI SER
COMPLETAMENTE RASGADO, OUVINDO O MEU TIO DIZER QUE JÁ TINHA ENTRADO A CABEÇA E QUE A PARTIR DE AGORA JÁ NÃO DOIA TANTO. PASSADO UM POUCO
SENTI QUE JÁ A DOR ESTAVA- ME EXCITANDO E SENTI ENTÃO ENTRAR UM BOCASO TÃO GRANDE QUE ME TOCOU NA BARRIGA FAZENDO COMQUE EU SAI-SE COMPLETAMENTE
OS MEUS TIOS ENTÃO ME TORNARAM A ENCOSTAR AQUELE PAU AO MEU CU , ENTRANDO QUASE METADE DE UMA VEZ DEIXANDO O CAVALO GOZAR DENTRO DE MIM

5:15 PM, February 28, 2005  
Anonymous Anonymous said...

PERDI O MEU CABAÇO NO CU COM UM CAVALO

CHAMO-ME PAULO, TENHO 22 ANOS E SEMPRE ADOREI SER ENRABADO, MAS NUNCA TINHA TIDO CORAGEM
DEVIDO A TER MEDO DE SER DESCOBERTO. SEMPRE QUE PODIA VESTIA AS CALCINHAS DA MINHA IRMÃ E IA PARA
A ESCOLA. UMA VEZ DEPILEI O MEU CU TODO E VESTI CINTO DE LIGAS E MEIAS SEM CALCINHAS E FUI MONTAR A CAVALO
PARA A QUINTA DO MEU PAI. AO SAIR A CAVALO REPAREI QUE O MEU CAVALO ESTAVA EXCITADO DEVIDO A UMAS EGUAS QUE ESTAVAM
POR PERTO, DEIXANDO SEU PAU DE FORA E FICANDO MUITO BRAVO. AO SENTIR AQUILO SAI DE CIMA DELE E FUI CAMINHANDO A PÉ PARA
VER SE O ACALMAVA. PASSADO UM POUCO VI QUE EKE CONTINUAVA IGUAL, COM UM PAU ENORME, E SENTI UMA VONTADE ENORME DE LHE TOCAR
PARA O ACALMAR, MAS FOI PIOR POIS AINDA SE EXCITOU MAIS. FOI QUANDO ME VEIO UMA IDEIA Á CABEÇA, METE-LO NA BOCA, AO TENTAR METER
A CABEÇA ENORME VI QUE SABIA MAL, ENTÃO DESPI AS CALÇAS E METI ENTRE AS PERNAS PARA O FAZER GOZAR. E COMESEI A METER O LIQUIDO QUE
ELE DEITAVA DO PAU NO MEU CU DEIXANDO-O BEM MOLHASO. FOI QUANDO NUM EXTINTO ENCOSTEI AQULA CABEÇA ENORME NO MEU CU PENSANDO QUE NÃO
PODIA ENTRAR SEVIDO AO SEU TAMANHO. SENTI TANTO PRAZER QUE ESTAVA QUASE GOZANDO E, ENPINEI MAIS A BUNDA, METENDO BEM NA ENTRADA DO CU,
FOI QUANDO AO MESMO TEMPO O CAVALO ME DÁ UMA ESTOCADA FORTE QUASE METENDO A CABEÇA PROVOCANDO-ME UMA DOR TÃO FORTE QUE IMEDIATAMENTE
TENTEI DESISTIR, MAS AO OLHAR PARA FRENTE ESTAVAM OS MEUS DOIS TIOS ME DIZENDO QUE NÃO PODIA DEIXAR O CAVALO ASSIM E ME AGARRARAM
METENDO-ME DE NOVO DEBAIXO DO CAVALO COM O PAU APONTADO AO MEU CU.. AO SENTIR AQUILO O CAVALO DA-ME OUTRA ESTOCADA LEVANDO-ME A TENTAR FUGIR
MAS NÃO FOI POSSIVEL POIS OS MEUS ME AGARRARAM COM FORÇA DEIXANDO-ME INDEFESO. QUANDO O CAVALO TORNOU A IR PARA A FRENTE, SENTI A MAIOR DOR DA
MINHA VIDA E COMECEI A CHORAR. MAS OS MEUS TIOS ME ABRIRAM O CU AINDA MAIS E ME ENPINARAM MAIS O CU PARA ENTRAR MELHOR. FOIQUANDOSENTI SER
COMPLETAMENTE RASGADO, OUVINDO O MEU TIO DIZER QUE JÁ TINHA ENTRADO A CABEÇA E QUE A PARTIR DE AGORA JÁ NÃO DOIA TANTO. PASSADO UM POUCO
SENTI QUE JÁ A DOR ESTAVA- ME EXCITANDO E SENTI ENTÃO ENTRAR UM BOCASO TÃO GRANDE QUE ME TOCOU NA BARRIGA FAZENDO COMQUE EU SAI-SE COMPLETAMENTE
OS MEUS TIOS ENTÃO ME TORNARAM A ENCOSTAR AQUELE PAU AO MEU CU , ENTRANDO QUASE METADE DE UMA VEZ DEIXANDO O CAVALO GOZAR DENTRO DE MIM

5:16 PM, February 28, 2005  
Anonymous Anonymous said...

PERDI O MEU CABAÇO NO CU COM UM CAVALO

CHAMO-ME PAULO, TENHO 22 ANOS E SEMPRE ADOREI SER ENRABADO, MAS NUNCA TINHA TIDO CORAGEM
DEVIDO A TER MEDO DE SER DESCOBERTO. SEMPRE QUE PODIA VESTIA AS CALCINHAS DA MINHA IRMÃ E IA PARA
A ESCOLA. UMA VEZ DEPILEI O MEU CU TODO E VESTI CINTO DE LIGAS E MEIAS SEM CALCINHAS E FUI MONTAR A CAVALO
PARA A QUINTA DO MEU PAI. AO SAIR A CAVALO REPAREI QUE O MEU CAVALO ESTAVA EXCITADO DEVIDO A UMAS EGUAS QUE ESTAVAM
POR PERTO, DEIXANDO SEU PAU DE FORA E FICANDO MUITO BRAVO. AO SENTIR AQUILO SAI DE CIMA DELE E FUI CAMINHANDO A PÉ PARA
VER SE O ACALMAVA. PASSADO UM POUCO VI QUE EKE CONTINUAVA IGUAL, COM UM PAU ENORME, E SENTI UMA VONTADE ENORME DE LHE TOCAR
PARA O ACALMAR, MAS FOI PIOR POIS AINDA SE EXCITOU MAIS. FOI QUANDO ME VEIO UMA IDEIA Á CABEÇA, METE-LO NA BOCA, AO TENTAR METER
A CABEÇA ENORME VI QUE SABIA MAL, ENTÃO DESPI AS CALÇAS E METI ENTRE AS PERNAS PARA O FAZER GOZAR. E COMESEI A METER O LIQUIDO QUE
ELE DEITAVA DO PAU NO MEU CU DEIXANDO-O BEM MOLHASO. FOI QUANDO NUM EXTINTO ENCOSTEI AQULA CABEÇA ENORME NO MEU CU PENSANDO QUE NÃO
PODIA ENTRAR SEVIDO AO SEU TAMANHO. SENTI TANTO PRAZER QUE ESTAVA QUASE GOZANDO E, ENPINEI MAIS A BUNDA, METENDO BEM NA ENTRADA DO CU,
FOI QUANDO AO MESMO TEMPO O CAVALO ME DÁ UMA ESTOCADA FORTE QUASE METENDO A CABEÇA PROVOCANDO-ME UMA DOR TÃO FORTE QUE IMEDIATAMENTE
TENTEI DESISTIR, MAS AO OLHAR PARA FRENTE ESTAVAM OS MEUS DOIS TIOS ME DIZENDO QUE NÃO PODIA DEIXAR O CAVALO ASSIM E ME AGARRARAM
METENDO-ME DE NOVO DEBAIXO DO CAVALO COM O PAU APONTADO AO MEU CU.. AO SENTIR AQUILO O CAVALO DA-ME OUTRA ESTOCADA LEVANDO-ME A TENTAR FUGIR
MAS NÃO FOI POSSIVEL POIS OS MEUS ME AGARRARAM COM FORÇA DEIXANDO-ME INDEFESO. QUANDO O CAVALO TORNOU A IR PARA A FRENTE, SENTI A MAIOR DOR DA
MINHA VIDA E COMECEI A CHORAR. MAS OS MEUS TIOS ME ABRIRAM O CU AINDA MAIS E ME ENPINARAM MAIS O CU PARA ENTRAR MELHOR. FOIQUANDOSENTI SER
COMPLETAMENTE RASGADO, OUVINDO O MEU TIO DIZER QUE JÁ TINHA ENTRADO A CABEÇA E QUE A PARTIR DE AGORA JÁ NÃO DOIA TANTO. PASSADO UM POUCO
SENTI QUE JÁ A DOR ESTAVA- ME EXCITANDO E SENTI ENTÃO ENTRAR UM BOCASO TÃO GRANDE QUE ME TOCOU NA BARRIGA FAZENDO COMQUE EU SAI-SE COMPLETAMENTE
OS MEUS TIOS ENTÃO ME TORNARAM A ENCOSTAR AQUELE PAU AO MEU CU , ENTRANDO QUASE METADE DE UMA VEZ DEIXANDO O CAVALO GOZAR DENTRO DE MIM

5:16 PM, February 28, 2005  
Anonymous Anonymous said...

PERDI O MEU CABAÇO NO CU COM UM CAVALO

CHAMO-ME PAULO, TENHO 22 ANOS E SEMPRE ADOREI SER ENRABADO, MAS NUNCA TINHA TIDO CORAGEM
DEVIDO A TER MEDO DE SER DESCOBERTO. SEMPRE QUE PODIA VESTIA AS CALCINHAS DA MINHA IRMÃ E IA PARA
A ESCOLA. UMA VEZ DEPILEI O MEU CU TODO E VESTI CINTO DE LIGAS E MEIAS SEM CALCINHAS E FUI MONTAR A CAVALO
PARA A QUINTA DO MEU PAI. AO SAIR A CAVALO REPAREI QUE O MEU CAVALO ESTAVA EXCITADO DEVIDO A UMAS EGUAS QUE ESTAVAM
POR PERTO, DEIXANDO SEU PAU DE FORA E FICANDO MUITO BRAVO. AO SENTIR AQUILO SAI DE CIMA DELE E FUI CAMINHANDO A PÉ PARA
VER SE O ACALMAVA. PASSADO UM POUCO VI QUE EKE CONTINUAVA IGUAL, COM UM PAU ENORME, E SENTI UMA VONTADE ENORME DE LHE TOCAR
PARA O ACALMAR, MAS FOI PIOR POIS AINDA SE EXCITOU MAIS. FOI QUANDO ME VEIO UMA IDEIA Á CABEÇA, METE-LO NA BOCA, AO TENTAR METER
A CABEÇA ENORME VI QUE SABIA MAL, ENTÃO DESPI AS CALÇAS E METI ENTRE AS PERNAS PARA O FAZER GOZAR. E COMESEI A METER O LIQUIDO QUE
ELE DEITAVA DO PAU NO MEU CU DEIXANDO-O BEM MOLHASO. FOI QUANDO NUM EXTINTO ENCOSTEI AQULA CABEÇA ENORME NO MEU CU PENSANDO QUE NÃO
PODIA ENTRAR SEVIDO AO SEU TAMANHO. SENTI TANTO PRAZER QUE ESTAVA QUASE GOZANDO E, ENPINEI MAIS A BUNDA, METENDO BEM NA ENTRADA DO CU,
FOI QUANDO AO MESMO TEMPO O CAVALO ME DÁ UMA ESTOCADA FORTE QUASE METENDO A CABEÇA PROVOCANDO-ME UMA DOR TÃO FORTE QUE IMEDIATAMENTE
TENTEI DESISTIR, MAS AO OLHAR PARA FRENTE ESTAVAM OS MEUS DOIS TIOS ME DIZENDO QUE NÃO PODIA DEIXAR O CAVALO ASSIM E ME AGARRARAM
METENDO-ME DE NOVO DEBAIXO DO CAVALO COM O PAU APONTADO AO MEU CU.. AO SENTIR AQUILO O CAVALO DA-ME OUTRA ESTOCADA LEVANDO-ME A TENTAR FUGIR
MAS NÃO FOI POSSIVEL POIS OS MEUS ME AGARRARAM COM FORÇA DEIXANDO-ME INDEFESO. QUANDO O CAVALO TORNOU A IR PARA A FRENTE, SENTI A MAIOR DOR DA
MINHA VIDA E COMECEI A CHORAR. MAS OS MEUS TIOS ME ABRIRAM O CU AINDA MAIS E ME ENPINARAM MAIS O CU PARA ENTRAR MELHOR. FOIQUANDOSENTI SER
COMPLETAMENTE RASGADO, OUVINDO O MEU TIO DIZER QUE JÁ TINHA ENTRADO A CABEÇA E QUE A PARTIR DE AGORA JÁ NÃO DOIA TANTO. PASSADO UM POUCO
SENTI QUE JÁ A DOR ESTAVA- ME EXCITANDO E SENTI ENTÃO ENTRAR UM BOCASO TÃO GRANDE QUE ME TOCOU NA BARRIGA FAZENDO COMQUE EU SAI-SE COMPLETAMENTE
OS MEUS TIOS ENTÃO ME TORNARAM A ENCOSTAR AQUELE PAU AO MEU CU , ENTRANDO QUASE METADE DE UMA VEZ DEIXANDO O CAVALO GOZAR DENTRO DE MIM

5:16 PM, February 28, 2005  
Anonymous Anonymous said...

PERDI O MEU CABAÇO NO CU COM UM CAVALO

CHAMO-ME PAULO, TENHO 22 ANOS E SEMPRE ADOREI SER ENRABADO, MAS NUNCA TINHA TIDO CORAGEM
DEVIDO A TER MEDO DE SER DESCOBERTO. SEMPRE QUE PODIA VESTIA AS CALCINHAS DA MINHA IRMÃ E IA PARA
A ESCOLA. UMA VEZ DEPILEI O MEU CU TODO E VESTI CINTO DE LIGAS E MEIAS SEM CALCINHAS E FUI MONTAR A CAVALO
PARA A QUINTA DO MEU PAI. AO SAIR A CAVALO REPAREI QUE O MEU CAVALO ESTAVA EXCITADO DEVIDO A UMAS EGUAS QUE ESTAVAM
POR PERTO, DEIXANDO SEU PAU DE FORA E FICANDO MUITO BRAVO. AO SENTIR AQUILO SAI DE CIMA DELE E FUI CAMINHANDO A PÉ PARA
VER SE O ACALMAVA. PASSADO UM POUCO VI QUE EKE CONTINUAVA IGUAL, COM UM PAU ENORME, E SENTI UMA VONTADE ENORME DE LHE TOCAR
PARA O ACALMAR, MAS FOI PIOR POIS AINDA SE EXCITOU MAIS. FOI QUANDO ME VEIO UMA IDEIA Á CABEÇA, METE-LO NA BOCA, AO TENTAR METER
A CABEÇA ENORME VI QUE SABIA MAL, ENTÃO DESPI AS CALÇAS E METI ENTRE AS PERNAS PARA O FAZER GOZAR. E COMESEI A METER O LIQUIDO QUE
ELE DEITAVA DO PAU NO MEU CU DEIXANDO-O BEM MOLHASO. FOI QUANDO NUM EXTINTO ENCOSTEI AQULA CABEÇA ENORME NO MEU CU PENSANDO QUE NÃO
PODIA ENTRAR SEVIDO AO SEU TAMANHO. SENTI TANTO PRAZER QUE ESTAVA QUASE GOZANDO E, ENPINEI MAIS A BUNDA, METENDO BEM NA ENTRADA DO CU,
FOI QUANDO AO MESMO TEMPO O CAVALO ME DÁ UMA ESTOCADA FORTE QUASE METENDO A CABEÇA PROVOCANDO-ME UMA DOR TÃO FORTE QUE IMEDIATAMENTE
TENTEI DESISTIR, MAS AO OLHAR PARA FRENTE ESTAVAM OS MEUS DOIS TIOS ME DIZENDO QUE NÃO PODIA DEIXAR O CAVALO ASSIM E ME AGARRARAM
METENDO-ME DE NOVO DEBAIXO DO CAVALO COM O PAU APONTADO AO MEU CU.. AO SENTIR AQUILO O CAVALO DA-ME OUTRA ESTOCADA LEVANDO-ME A TENTAR FUGIR
MAS NÃO FOI POSSIVEL POIS OS MEUS ME AGARRARAM COM FORÇA DEIXANDO-ME INDEFESO. QUANDO O CAVALO TORNOU A IR PARA A FRENTE, SENTI A MAIOR DOR DA
MINHA VIDA E COMECEI A CHORAR. MAS OS MEUS TIOS ME ABRIRAM O CU AINDA MAIS E ME ENPINARAM MAIS O CU PARA ENTRAR MELHOR. FOIQUANDOSENTI SER
COMPLETAMENTE RASGADO, OUVINDO O MEU TIO DIZER QUE JÁ TINHA ENTRADO A CABEÇA E QUE A PARTIR DE AGORA JÁ NÃO DOIA TANTO. PASSADO UM POUCO
SENTI QUE JÁ A DOR ESTAVA- ME EXCITANDO E SENTI ENTÃO ENTRAR UM BOCASO TÃO GRANDE QUE ME TOCOU NA BARRIGA FAZENDO COMQUE EU SAI-SE COMPLETAMENTE
OS MEUS TIOS ENTÃO ME TORNARAM A ENCOSTAR AQUELE PAU AO MEU CU , ENTRANDO QUASE METADE DE UMA VEZ DEIXANDO O CAVALO GOZAR DENTRO DE MIM

5:16 PM, February 28, 2005  
Anonymous Anonymous said...

PERDI O MEU CABAÇO NO CU COM UM CAVALO

CHAMO-ME PAULO, TENHO 22 ANOS E SEMPRE ADOREI SER ENRABADO, MAS NUNCA TINHA TIDO CORAGEM
DEVIDO A TER MEDO DE SER DESCOBERTO. SEMPRE QUE PODIA VESTIA AS CALCINHAS DA MINHA IRMÃ E IA PARA
A ESCOLA. UMA VEZ DEPILEI O MEU CU TODO E VESTI CINTO DE LIGAS E MEIAS SEM CALCINHAS E FUI MONTAR A CAVALO
PARA A QUINTA DO MEU PAI. AO SAIR A CAVALO REPAREI QUE O MEU CAVALO ESTAVA EXCITADO DEVIDO A UMAS EGUAS QUE ESTAVAM
POR PERTO, DEIXANDO SEU PAU DE FORA E FICANDO MUITO BRAVO. AO SENTIR AQUILO SAI DE CIMA DELE E FUI CAMINHANDO A PÉ PARA
VER SE O ACALMAVA. PASSADO UM POUCO VI QUE EKE CONTINUAVA IGUAL, COM UM PAU ENORME, E SENTI UMA VONTADE ENORME DE LHE TOCAR
PARA O ACALMAR, MAS FOI PIOR POIS AINDA SE EXCITOU MAIS. FOI QUANDO ME VEIO UMA IDEIA Á CABEÇA, METE-LO NA BOCA, AO TENTAR METER
A CABEÇA ENORME VI QUE SABIA MAL, ENTÃO DESPI AS CALÇAS E METI ENTRE AS PERNAS PARA O FAZER GOZAR. E COMESEI A METER O LIQUIDO QUE
ELE DEITAVA DO PAU NO MEU CU DEIXANDO-O BEM MOLHASO. FOI QUANDO NUM EXTINTO ENCOSTEI AQULA CABEÇA ENORME NO MEU CU PENSANDO QUE NÃO
PODIA ENTRAR SEVIDO AO SEU TAMANHO. SENTI TANTO PRAZER QUE ESTAVA QUASE GOZANDO E, ENPINEI MAIS A BUNDA, METENDO BEM NA ENTRADA DO CU,
FOI QUANDO AO MESMO TEMPO O CAVALO ME DÁ UMA ESTOCADA FORTE QUASE METENDO A CABEÇA PROVOCANDO-ME UMA DOR TÃO FORTE QUE IMEDIATAMENTE
TENTEI DESISTIR, MAS AO OLHAR PARA FRENTE ESTAVAM OS MEUS DOIS TIOS ME DIZENDO QUE NÃO PODIA DEIXAR O CAVALO ASSIM E ME AGARRARAM
METENDO-ME DE NOVO DEBAIXO DO CAVALO COM O PAU APONTADO AO MEU CU.. AO SENTIR AQUILO O CAVALO DA-ME OUTRA ESTOCADA LEVANDO-ME A TENTAR FUGIR
MAS NÃO FOI POSSIVEL POIS OS MEUS ME AGARRARAM COM FORÇA DEIXANDO-ME INDEFESO. QUANDO O CAVALO TORNOU A IR PARA A FRENTE, SENTI A MAIOR DOR DA
MINHA VIDA E COMECEI A CHORAR. MAS OS MEUS TIOS ME ABRIRAM O CU AINDA MAIS E ME ENPINARAM MAIS O CU PARA ENTRAR MELHOR. FOIQUANDOSENTI SER
COMPLETAMENTE RASGADO, OUVINDO O MEU TIO DIZER QUE JÁ TINHA ENTRADO A CABEÇA E QUE A PARTIR DE AGORA JÁ NÃO DOIA TANTO. PASSADO UM POUCO
SENTI QUE JÁ A DOR ESTAVA- ME EXCITANDO E SENTI ENTÃO ENTRAR UM BOCASO TÃO GRANDE QUE ME TOCOU NA BARRIGA FAZENDO COMQUE EU SAI-SE COMPLETAMENTE
OS MEUS TIOS ENTÃO ME TORNARAM A ENCOSTAR AQUELE PAU AO MEU CU , ENTRANDO QUASE METADE DE UMA VEZ DEIXANDO O CAVALO GOZAR DENTRO DE MIM

5:16 PM, February 28, 2005  
Anonymous Anonymous said...

PERDI O MEU CABAÇO NO CU COM UM CAVALO

CHAMO-ME PAULO, TENHO 22 ANOS E SEMPRE ADOREI SER ENRABADO, MAS NUNCA TINHA TIDO CORAGEM
DEVIDO A TER MEDO DE SER DESCOBERTO. SEMPRE QUE PODIA VESTIA AS CALCINHAS DA MINHA IRMÃ E IA PARA
A ESCOLA. UMA VEZ DEPILEI O MEU CU TODO E VESTI CINTO DE LIGAS E MEIAS SEM CALCINHAS E FUI MONTAR A CAVALO
PARA A QUINTA DO MEU PAI. AO SAIR A CAVALO REPAREI QUE O MEU CAVALO ESTAVA EXCITADO DEVIDO A UMAS EGUAS QUE ESTAVAM
POR PERTO, DEIXANDO SEU PAU DE FORA E FICANDO MUITO BRAVO. AO SENTIR AQUILO SAI DE CIMA DELE E FUI CAMINHANDO A PÉ PARA
VER SE O ACALMAVA. PASSADO UM POUCO VI QUE EKE CONTINUAVA IGUAL, COM UM PAU ENORME, E SENTI UMA VONTADE ENORME DE LHE TOCAR
PARA O ACALMAR, MAS FOI PIOR POIS AINDA SE EXCITOU MAIS. FOI QUANDO ME VEIO UMA IDEIA Á CABEÇA, METE-LO NA BOCA, AO TENTAR METER
A CABEÇA ENORME VI QUE SABIA MAL, ENTÃO DESPI AS CALÇAS E METI ENTRE AS PERNAS PARA O FAZER GOZAR. E COMESEI A METER O LIQUIDO QUE
ELE DEITAVA DO PAU NO MEU CU DEIXANDO-O BEM MOLHASO. FOI QUANDO NUM EXTINTO ENCOSTEI AQULA CABEÇA ENORME NO MEU CU PENSANDO QUE NÃO
PODIA ENTRAR SEVIDO AO SEU TAMANHO. SENTI TANTO PRAZER QUE ESTAVA QUASE GOZANDO E, ENPINEI MAIS A BUNDA, METENDO BEM NA ENTRADA DO CU,
FOI QUANDO AO MESMO TEMPO O CAVALO ME DÁ UMA ESTOCADA FORTE QUASE METENDO A CABEÇA PROVOCANDO-ME UMA DOR TÃO FORTE QUE IMEDIATAMENTE
TENTEI DESISTIR, MAS AO OLHAR PARA FRENTE ESTAVAM OS MEUS DOIS TIOS ME DIZENDO QUE NÃO PODIA DEIXAR O CAVALO ASSIM E ME AGARRARAM
METENDO-ME DE NOVO DEBAIXO DO CAVALO COM O PAU APONTADO AO MEU CU.. AO SENTIR AQUILO O CAVALO DA-ME OUTRA ESTOCADA LEVANDO-ME A TENTAR FUGIR
MAS NÃO FOI POSSIVEL POIS OS MEUS ME AGARRARAM COM FORÇA DEIXANDO-ME INDEFESO. QUANDO O CAVALO TORNOU A IR PARA A FRENTE, SENTI A MAIOR DOR DA
MINHA VIDA E COMECEI A CHORAR. MAS OS MEUS TIOS ME ABRIRAM O CU AINDA MAIS E ME ENPINARAM MAIS O CU PARA ENTRAR MELHOR. FOIQUANDOSENTI SER
COMPLETAMENTE RASGADO, OUVINDO O MEU TIO DIZER QUE JÁ TINHA ENTRADO A CABEÇA E QUE A PARTIR DE AGORA JÁ NÃO DOIA TANTO. PASSADO UM POUCO
SENTI QUE JÁ A DOR ESTAVA- ME EXCITANDO E SENTI ENTÃO ENTRAR UM BOCASO TÃO GRANDE QUE ME TOCOU NA BARRIGA FAZENDO COMQUE EU SAI-SE COMPLETAMENTE
OS MEUS TIOS ENTÃO ME TORNARAM A ENCOSTAR AQUELE PAU AO MEU CU , ENTRANDO QUASE METADE DE UMA VEZ DEIXANDO O CAVALO GOZAR DENTRO DE MIM

5:16 PM, February 28, 2005  
Anonymous Anonymous said...

PERDI O MEU CABAÇO NO CU COM UM CAVALO

CHAMO-ME PAULO, TENHO 22 ANOS E SEMPRE ADOREI SER ENRABADO, MAS NUNCA TINHA TIDO CORAGEM
DEVIDO A TER MEDO DE SER DESCOBERTO. SEMPRE QUE PODIA VESTIA AS CALCINHAS DA MINHA IRMÃ E IA PARA
A ESCOLA. UMA VEZ DEPILEI O MEU CU TODO E VESTI CINTO DE LIGAS E MEIAS SEM CALCINHAS E FUI MONTAR A CAVALO
PARA A QUINTA DO MEU PAI. AO SAIR A CAVALO REPAREI QUE O MEU CAVALO ESTAVA EXCITADO DEVIDO A UMAS EGUAS QUE ESTAVAM
POR PERTO, DEIXANDO SEU PAU DE FORA E FICANDO MUITO BRAVO. AO SENTIR AQUILO SAI DE CIMA DELE E FUI CAMINHANDO A PÉ PARA
VER SE O ACALMAVA. PASSADO UM POUCO VI QUE EKE CONTINUAVA IGUAL, COM UM PAU ENORME, E SENTI UMA VONTADE ENORME DE LHE TOCAR
PARA O ACALMAR, MAS FOI PIOR POIS AINDA SE EXCITOU MAIS. FOI QUANDO ME VEIO UMA IDEIA Á CABEÇA, METE-LO NA BOCA, AO TENTAR METER
A CABEÇA ENORME VI QUE SABIA MAL, ENTÃO DESPI AS CALÇAS E METI ENTRE AS PERNAS PARA O FAZER GOZAR. E COMESEI A METER O LIQUIDO QUE
ELE DEITAVA DO PAU NO MEU CU DEIXANDO-O BEM MOLHASO. FOI QUANDO NUM EXTINTO ENCOSTEI AQULA CABEÇA ENORME NO MEU CU PENSANDO QUE NÃO
PODIA ENTRAR SEVIDO AO SEU TAMANHO. SENTI TANTO PRAZER QUE ESTAVA QUASE GOZANDO E, ENPINEI MAIS A BUNDA, METENDO BEM NA ENTRADA DO CU,
FOI QUANDO AO MESMO TEMPO O CAVALO ME DÁ UMA ESTOCADA FORTE QUASE METENDO A CABEÇA PROVOCANDO-ME UMA DOR TÃO FORTE QUE IMEDIATAMENTE
TENTEI DESISTIR, MAS AO OLHAR PARA FRENTE ESTAVAM OS MEUS DOIS TIOS ME DIZENDO QUE NÃO PODIA DEIXAR O CAVALO ASSIM E ME AGARRARAM
METENDO-ME DE NOVO DEBAIXO DO CAVALO COM O PAU APONTADO AO MEU CU.. AO SENTIR AQUILO O CAVALO DA-ME OUTRA ESTOCADA LEVANDO-ME A TENTAR FUGIR
MAS NÃO FOI POSSIVEL POIS OS MEUS ME AGARRARAM COM FORÇA DEIXANDO-ME INDEFESO. QUANDO O CAVALO TORNOU A IR PARA A FRENTE, SENTI A MAIOR DOR DA
MINHA VIDA E COMECEI A CHORAR. MAS OS MEUS TIOS ME ABRIRAM O CU AINDA MAIS E ME ENPINARAM MAIS O CU PARA ENTRAR MELHOR. FOIQUANDOSENTI SER
COMPLETAMENTE RASGADO, OUVINDO O MEU TIO DIZER QUE JÁ TINHA ENTRADO A CABEÇA E QUE A PARTIR DE AGORA JÁ NÃO DOIA TANTO. PASSADO UM POUCO
SENTI QUE JÁ A DOR ESTAVA- ME EXCITANDO E SENTI ENTÃO ENTRAR UM BOCASO TÃO GRANDE QUE ME TOCOU NA BARRIGA FAZENDO COMQUE EU SAI-SE COMPLETAMENTE
OS MEUS TIOS ENTÃO ME TORNARAM A ENCOSTAR AQUELE PAU AO MEU CU , ENTRANDO QUASE METADE DE UMA VEZ DEIXANDO O CAVALO GOZAR DENTRO DE MIM

5:17 PM, February 28, 2005  
Anonymous Anonymous said...

PERDI O MEU CABAÇO NO CU COM UM CAVALO

CHAMO-ME PAULO, TENHO 22 ANOS E SEMPRE ADOREI SER ENRABADO, MAS NUNCA TINHA TIDO CORAGEM
DEVIDO A TER MEDO DE SER DESCOBERTO. SEMPRE QUE PODIA VESTIA AS CALCINHAS DA MINHA IRMÃ E IA PARA
A ESCOLA. UMA VEZ DEPILEI O MEU CU TODO E VESTI CINTO DE LIGAS E MEIAS SEM CALCINHAS E FUI MONTAR A CAVALO
PARA A QUINTA DO MEU PAI. AO SAIR A CAVALO REPAREI QUE O MEU CAVALO ESTAVA EXCITADO DEVIDO A UMAS EGUAS QUE ESTAVAM
POR PERTO, DEIXANDO SEU PAU DE FORA E FICANDO MUITO BRAVO. AO SENTIR AQUILO SAI DE CIMA DELE E FUI CAMINHANDO A PÉ PARA
VER SE O ACALMAVA. PASSADO UM POUCO VI QUE EKE CONTINUAVA IGUAL, COM UM PAU ENORME, E SENTI UMA VONTADE ENORME DE LHE TOCAR
PARA O ACALMAR, MAS FOI PIOR POIS AINDA SE EXCITOU MAIS. FOI QUANDO ME VEIO UMA IDEIA Á CABEÇA, METE-LO NA BOCA, AO TENTAR METER
A CABEÇA ENORME VI QUE SABIA MAL, ENTÃO DESPI AS CALÇAS E METI ENTRE AS PERNAS PARA O FAZER GOZAR. E COMESEI A METER O LIQUIDO QUE
ELE DEITAVA DO PAU NO MEU CU DEIXANDO-O BEM MOLHASO. FOI QUANDO NUM EXTINTO ENCOSTEI AQULA CABEÇA ENORME NO MEU CU PENSANDO QUE NÃO
PODIA ENTRAR SEVIDO AO SEU TAMANHO. SENTI TANTO PRAZER QUE ESTAVA QUASE GOZANDO E, ENPINEI MAIS A BUNDA, METENDO BEM NA ENTRADA DO CU,
FOI QUANDO AO MESMO TEMPO O CAVALO ME DÁ UMA ESTOCADA FORTE QUASE METENDO A CABEÇA PROVOCANDO-ME UMA DOR TÃO FORTE QUE IMEDIATAMENTE
TENTEI DESISTIR, MAS AO OLHAR PARA FRENTE ESTAVAM OS MEUS DOIS TIOS ME DIZENDO QUE NÃO PODIA DEIXAR O CAVALO ASSIM E ME AGARRARAM
METENDO-ME DE NOVO DEBAIXO DO CAVALO COM O PAU APONTADO AO MEU CU.. AO SENTIR AQUILO O CAVALO DA-ME OUTRA ESTOCADA LEVANDO-ME A TENTAR FUGIR
MAS NÃO FOI POSSIVEL POIS OS MEUS ME AGARRARAM COM FORÇA DEIXANDO-ME INDEFESO. QUANDO O CAVALO TORNOU A IR PARA A FRENTE, SENTI A MAIOR DOR DA
MINHA VIDA E COMECEI A CHORAR. MAS OS MEUS TIOS ME ABRIRAM O CU AINDA MAIS E ME ENPINARAM MAIS O CU PARA ENTRAR MELHOR. FOIQUANDOSENTI SER
COMPLETAMENTE RASGADO, OUVINDO O MEU TIO DIZER QUE JÁ TINHA ENTRADO A CABEÇA E QUE A PARTIR DE AGORA JÁ NÃO DOIA TANTO. PASSADO UM POUCO
SENTI QUE JÁ A DOR ESTAVA- ME EXCITANDO E SENTI ENTÃO ENTRAR UM BOCASO TÃO GRANDE QUE ME TOCOU NA BARRIGA FAZENDO COMQUE EU SAI-SE COMPLETAMENTE
OS MEUS TIOS ENTÃO ME TORNARAM A ENCOSTAR AQUELE PAU AO MEU CU , ENTRANDO QUASE METADE DE UMA VEZ DEIXANDO O CAVALO GOZAR DENTRO DE MIM

5:17 PM, February 28, 2005  
Anonymous Anonymous said...

PERDI O MEU CABAÇO NO CU COM UM CAVALO

CHAMO-ME PAULO, TENHO 22 ANOS E SEMPRE ADOREI SER ENRABADO, MAS NUNCA TINHA TIDO CORAGEM
DEVIDO A TER MEDO DE SER DESCOBERTO. SEMPRE QUE PODIA VESTIA AS CALCINHAS DA MINHA IRMÃ E IA PARA
A ESCOLA. UMA VEZ DEPILEI O MEU CU TODO E VESTI CINTO DE LIGAS E MEIAS SEM CALCINHAS E FUI MONTAR A CAVALO
PARA A QUINTA DO MEU PAI. AO SAIR A CAVALO REPAREI QUE O MEU CAVALO ESTAVA EXCITADO DEVIDO A UMAS EGUAS QUE ESTAVAM
POR PERTO, DEIXANDO SEU PAU DE FORA E FICANDO MUITO BRAVO. AO SENTIR AQUILO SAI DE CIMA DELE E FUI CAMINHANDO A PÉ PARA
VER SE O ACALMAVA. PASSADO UM POUCO VI QUE EKE CONTINUAVA IGUAL, COM UM PAU ENORME, E SENTI UMA VONTADE ENORME DE LHE TOCAR
PARA O ACALMAR, MAS FOI PIOR POIS AINDA SE EXCITOU MAIS. FOI QUANDO ME VEIO UMA IDEIA Á CABEÇA, METE-LO NA BOCA, AO TENTAR METER
A CABEÇA ENORME VI QUE SABIA MAL, ENTÃO DESPI AS CALÇAS E METI ENTRE AS PERNAS PARA O FAZER GOZAR. E COMESEI A METER O LIQUIDO QUE
ELE DEITAVA DO PAU NO MEU CU DEIXANDO-O BEM MOLHASO. FOI QUANDO NUM EXTINTO ENCOSTEI AQULA CABEÇA ENORME NO MEU CU PENSANDO QUE NÃO
PODIA ENTRAR SEVIDO AO SEU TAMANHO. SENTI TANTO PRAZER QUE ESTAVA QUASE GOZANDO E, ENPINEI MAIS A BUNDA, METENDO BEM NA ENTRADA DO CU,
FOI QUANDO AO MESMO TEMPO O CAVALO ME DÁ UMA ESTOCADA FORTE QUASE METENDO A CABEÇA PROVOCANDO-ME UMA DOR TÃO FORTE QUE IMEDIATAMENTE
TENTEI DESISTIR, MAS AO OLHAR PARA FRENTE ESTAVAM OS MEUS DOIS TIOS ME DIZENDO QUE NÃO PODIA DEIXAR O CAVALO ASSIM E ME AGARRARAM
METENDO-ME DE NOVO DEBAIXO DO CAVALO COM O PAU APONTADO AO MEU CU.. AO SENTIR AQUILO O CAVALO DA-ME OUTRA ESTOCADA LEVANDO-ME A TENTAR FUGIR
MAS NÃO FOI POSSIVEL POIS OS MEUS ME AGARRARAM COM FORÇA DEIXANDO-ME INDEFESO. QUANDO O CAVALO TORNOU A IR PARA A FRENTE, SENTI A MAIOR DOR DA
MINHA VIDA E COMECEI A CHORAR. MAS OS MEUS TIOS ME ABRIRAM O CU AINDA MAIS E ME ENPINARAM MAIS O CU PARA ENTRAR MELHOR. FOIQUANDOSENTI SER
COMPLETAMENTE RASGADO, OUVINDO O MEU TIO DIZER QUE JÁ TINHA ENTRADO A CABEÇA E QUE A PARTIR DE AGORA JÁ NÃO DOIA TANTO. PASSADO UM POUCO
SENTI QUE JÁ A DOR ESTAVA- ME EXCITANDO E SENTI ENTÃO ENTRAR UM BOCASO TÃO GRANDE QUE ME TOCOU NA BARRIGA FAZENDO COMQUE EU SAI-SE COMPLETAMENTE
OS MEUS TIOS ENTÃO ME TORNARAM A ENCOSTAR AQUELE PAU AO MEU CU , ENTRANDO QUASE METADE DE UMA VEZ DEIXANDO O CAVALO GOZAR DENTRO DE MIM

5:17 PM, February 28, 2005  
Anonymous Anonymous said...

PERDI O MEU CABAÇO NO CU COM UM CAVALO

CHAMO-ME PAULO, TENHO 22 ANOS E SEMPRE ADOREI SER ENRABADO, MAS NUNCA TINHA TIDO CORAGEM
DEVIDO A TER MEDO DE SER DESCOBERTO. SEMPRE QUE PODIA VESTIA AS CALCINHAS DA MINHA IRMÃ E IA PARA
A ESCOLA. UMA VEZ DEPILEI O MEU CU TODO E VESTI CINTO DE LIGAS E MEIAS SEM CALCINHAS E FUI MONTAR A CAVALO
PARA A QUINTA DO MEU PAI. AO SAIR A CAVALO REPAREI QUE O MEU CAVALO ESTAVA EXCITADO DEVIDO A UMAS EGUAS QUE ESTAVAM
POR PERTO, DEIXANDO SEU PAU DE FORA E FICANDO MUITO BRAVO. AO SENTIR AQUILO SAI DE CIMA DELE E FUI CAMINHANDO A PÉ PARA
VER SE O ACALMAVA. PASSADO UM POUCO VI QUE EKE CONTINUAVA IGUAL, COM UM PAU ENORME, E SENTI UMA VONTADE ENORME DE LHE TOCAR
PARA O ACALMAR, MAS FOI PIOR POIS AINDA SE EXCITOU MAIS. FOI QUANDO ME VEIO UMA IDEIA Á CABEÇA, METE-LO NA BOCA, AO TENTAR METER
A CABEÇA ENORME VI QUE SABIA MAL, ENTÃO DESPI AS CALÇAS E METI ENTRE AS PERNAS PARA O FAZER GOZAR. E COMESEI A METER O LIQUIDO QUE
ELE DEITAVA DO PAU NO MEU CU DEIXANDO-O BEM MOLHASO. FOI QUANDO NUM EXTINTO ENCOSTEI AQULA CABEÇA ENORME NO MEU CU PENSANDO QUE NÃO
PODIA ENTRAR SEVIDO AO SEU TAMANHO. SENTI TANTO PRAZER QUE ESTAVA QUASE GOZANDO E, ENPINEI MAIS A BUNDA, METENDO BEM NA ENTRADA DO CU,
FOI QUANDO AO MESMO TEMPO O CAVALO ME DÁ UMA ESTOCADA FORTE QUASE METENDO A CABEÇA PROVOCANDO-ME UMA DOR TÃO FORTE QUE IMEDIATAMENTE
TENTEI DESISTIR, MAS AO OLHAR PARA FRENTE ESTAVAM OS MEUS DOIS TIOS ME DIZENDO QUE NÃO PODIA DEIXAR O CAVALO ASSIM E ME AGARRARAM
METENDO-ME DE NOVO DEBAIXO DO CAVALO COM O PAU APONTADO AO MEU CU.. AO SENTIR AQUILO O CAVALO DA-ME OUTRA ESTOCADA LEVANDO-ME A TENTAR FUGIR
MAS NÃO FOI POSSIVEL POIS OS MEUS ME AGARRARAM COM FORÇA DEIXANDO-ME INDEFESO. QUANDO O CAVALO TORNOU A IR PARA A FRENTE, SENTI A MAIOR DOR DA
MINHA VIDA E COMECEI A CHORAR. MAS OS MEUS TIOS ME ABRIRAM O CU AINDA MAIS E ME ENPINARAM MAIS O CU PARA ENTRAR MELHOR. FOIQUANDOSENTI SER
COMPLETAMENTE RASGADO, OUVINDO O MEU TIO DIZER QUE JÁ TINHA ENTRADO A CABEÇA E QUE A PARTIR DE AGORA JÁ NÃO DOIA TANTO. PASSADO UM POUCO
SENTI QUE JÁ A DOR ESTAVA- ME EXCITANDO E SENTI ENTÃO ENTRAR UM BOCASO TÃO GRANDE QUE ME TOCOU NA BARRIGA FAZENDO COMQUE EU SAI-SE COMPLETAMENTE
OS MEUS TIOS ENTÃO ME TORNARAM A ENCOSTAR AQUELE PAU AO MEU CU , ENTRANDO QUASE METADE DE UMA VEZ DEIXANDO O CAVALO GOZAR DENTRO DE MIM

5:17 PM, February 28, 2005  
Anonymous Anonymous said...

PERDI O MEU CABAÇO NO CU COM UM CAVALO

CHAMO-ME PAULO, TENHO 22 ANOS E SEMPRE ADOREI SER ENRABADO, MAS NUNCA TINHA TIDO CORAGEM
DEVIDO A TER MEDO DE SER DESCOBERTO. SEMPRE QUE PODIA VESTIA AS CALCINHAS DA MINHA IRMÃ E IA PARA
A ESCOLA. UMA VEZ DEPILEI O MEU CU TODO E VESTI CINTO DE LIGAS E MEIAS SEM CALCINHAS E FUI MONTAR A CAVALO
PARA A QUINTA DO MEU PAI. AO SAIR A CAVALO REPAREI QUE O MEU CAVALO ESTAVA EXCITADO DEVIDO A UMAS EGUAS QUE ESTAVAM
POR PERTO, DEIXANDO SEU PAU DE FORA E FICANDO MUITO BRAVO. AO SENTIR AQUILO SAI DE CIMA DELE E FUI CAMINHANDO A PÉ PARA
VER SE O ACALMAVA. PASSADO UM POUCO VI QUE EKE CONTINUAVA IGUAL, COM UM PAU ENORME, E SENTI UMA VONTADE ENORME DE LHE TOCAR
PARA O ACALMAR, MAS FOI PIOR POIS AINDA SE EXCITOU MAIS. FOI QUANDO ME VEIO UMA IDEIA Á CABEÇA, METE-LO NA BOCA, AO TENTAR METER
A CABEÇA ENORME VI QUE SABIA MAL, ENTÃO DESPI AS CALÇAS E METI ENTRE AS PERNAS PARA O FAZER GOZAR. E COMESEI A METER O LIQUIDO QUE
ELE DEITAVA DO PAU NO MEU CU DEIXANDO-O BEM MOLHASO. FOI QUANDO NUM EXTINTO ENCOSTEI AQULA CABEÇA ENORME NO MEU CU PENSANDO QUE NÃO
PODIA ENTRAR SEVIDO AO SEU TAMANHO. SENTI TANTO PRAZER QUE ESTAVA QUASE GOZANDO E, ENPINEI MAIS A BUNDA, METENDO BEM NA ENTRADA DO CU,
FOI QUANDO AO MESMO TEMPO O CAVALO ME DÁ UMA ESTOCADA FORTE QUASE METENDO A CABEÇA PROVOCANDO-ME UMA DOR TÃO FORTE QUE IMEDIATAMENTE
TENTEI DESISTIR, MAS AO OLHAR PARA FRENTE ESTAVAM OS MEUS DOIS TIOS ME DIZENDO QUE NÃO PODIA DEIXAR O CAVALO ASSIM E ME AGARRARAM
METENDO-ME DE NOVO DEBAIXO DO CAVALO COM O PAU APONTADO AO MEU CU.. AO SENTIR AQUILO O CAVALO DA-ME OUTRA ESTOCADA LEVANDO-ME A TENTAR FUGIR
MAS NÃO FOI POSSIVEL POIS OS MEUS ME AGARRARAM COM FORÇA DEIXANDO-ME INDEFESO. QUANDO O CAVALO TORNOU A IR PARA A FRENTE, SENTI A MAIOR DOR DA
MINHA VIDA E COMECEI A CHORAR. MAS OS MEUS TIOS ME ABRIRAM O CU AINDA MAIS E ME ENPINARAM MAIS O CU PARA ENTRAR MELHOR. FOIQUANDOSENTI SER
COMPLETAMENTE RASGADO, OUVINDO O MEU TIO DIZER QUE JÁ TINHA ENTRADO A CABEÇA E QUE A PARTIR DE AGORA JÁ NÃO DOIA TANTO. PASSADO UM POUCO
SENTI QUE JÁ A DOR ESTAVA- ME EXCITANDO E SENTI ENTÃO ENTRAR UM BOCASO TÃO GRANDE QUE ME TOCOU NA BARRIGA FAZENDO COMQUE EU SAI-SE COMPLETAMENTE
OS MEUS TIOS ENTÃO ME TORNARAM A ENCOSTAR AQUELE PAU AO MEU CU , ENTRANDO QUASE METADE DE UMA VEZ DEIXANDO O CAVALO GOZAR DENTRO DE MIM

5:17 PM, February 28, 2005  
Anonymous Anonymous said...

PERDI O MEU CABAÇO NO CU COM UM CAVALO

CHAMO-ME PAULO, TENHO 22 ANOS E SEMPRE ADOREI SER ENRABADO, MAS NUNCA TINHA TIDO CORAGEM
DEVIDO A TER MEDO DE SER DESCOBERTO. SEMPRE QUE PODIA VESTIA AS CALCINHAS DA MINHA IRMÃ E IA PARA
A ESCOLA. UMA VEZ DEPILEI O MEU CU TODO E VESTI CINTO DE LIGAS E MEIAS SEM CALCINHAS E FUI MONTAR A CAVALO
PARA A QUINTA DO MEU PAI. AO SAIR A CAVALO REPAREI QUE O MEU CAVALO ESTAVA EXCITADO DEVIDO A UMAS EGUAS QUE ESTAVAM
POR PERTO, DEIXANDO SEU PAU DE FORA E FICANDO MUITO BRAVO. AO SENTIR AQUILO SAI DE CIMA DELE E FUI CAMINHANDO A PÉ PARA
VER SE O ACALMAVA. PASSADO UM POUCO VI QUE EKE CONTINUAVA IGUAL, COM UM PAU ENORME, E SENTI UMA VONTADE ENORME DE LHE TOCAR
PARA O ACALMAR, MAS FOI PIOR POIS AINDA SE EXCITOU MAIS. FOI QUANDO ME VEIO UMA IDEIA Á CABEÇA, METE-LO NA BOCA, AO TENTAR METER
A CABEÇA ENORME VI QUE SABIA MAL, ENTÃO DESPI AS CALÇAS E METI ENTRE AS PERNAS PARA O FAZER GOZAR. E COMESEI A METER O LIQUIDO QUE
ELE DEITAVA DO PAU NO MEU CU DEIXANDO-O BEM MOLHASO. FOI QUANDO NUM EXTINTO ENCOSTEI AQULA CABEÇA ENORME NO MEU CU PENSANDO QUE NÃO
PODIA ENTRAR SEVIDO AO SEU TAMANHO. SENTI TANTO PRAZER QUE ESTAVA QUASE GOZANDO E, ENPINEI MAIS A BUNDA, METENDO BEM NA ENTRADA DO CU,
FOI QUANDO AO MESMO TEMPO O CAVALO ME DÁ UMA ESTOCADA FORTE QUASE METENDO A CABEÇA PROVOCANDO-ME UMA DOR TÃO FORTE QUE IMEDIATAMENTE
TENTEI DESISTIR, MAS AO OLHAR PARA FRENTE ESTAVAM OS MEUS DOIS TIOS ME DIZENDO QUE NÃO PODIA DEIXAR O CAVALO ASSIM E ME AGARRARAM
METENDO-ME DE NOVO DEBAIXO DO CAVALO COM O PAU APONTADO AO MEU CU.. AO SENTIR AQUILO O CAVALO DA-ME OUTRA ESTOCADA LEVANDO-ME A TENTAR FUGIR
MAS NÃO FOI POSSIVEL POIS OS MEUS ME AGARRARAM COM FORÇA DEIXANDO-ME INDEFESO. QUANDO O CAVALO TORNOU A IR PARA A FRENTE, SENTI A MAIOR DOR DA
MINHA VIDA E COMECEI A CHORAR. MAS OS MEUS TIOS ME ABRIRAM O CU AINDA MAIS E ME ENPINARAM MAIS O CU PARA ENTRAR MELHOR. FOIQUANDOSENTI SER
COMPLETAMENTE RASGADO, OUVINDO O MEU TIO DIZER QUE JÁ TINHA ENTRADO A CABEÇA E QUE A PARTIR DE AGORA JÁ NÃO DOIA TANTO. PASSADO UM POUCO
SENTI QUE JÁ A DOR ESTAVA- ME EXCITANDO E SENTI ENTÃO ENTRAR UM BOCASO TÃO GRANDE QUE ME TOCOU NA BARRIGA FAZENDO COMQUE EU SAI-SE COMPLETAMENTE
OS MEUS TIOS ENTÃO ME TORNARAM A ENCOSTAR AQUELE PAU AO MEU CU , ENTRANDO QUASE METADE DE UMA VEZ DEIXANDO O CAVALO GOZAR DENTRO DE MIM

5:17 PM, February 28, 2005  
Anonymous Anonymous said...

PERDI O MEU CABAÇO NO CU COM UM CAVALO

CHAMO-ME PAULO, TENHO 22 ANOS E SEMPRE ADOREI SER ENRABADO, MAS NUNCA TINHA TIDO CORAGEM
DEVIDO A TER MEDO DE SER DESCOBERTO. SEMPRE QUE PODIA VESTIA AS CALCINHAS DA MINHA IRMÃ E IA PARA
A ESCOLA. UMA VEZ DEPILEI O MEU CU TODO E VESTI CINTO DE LIGAS E MEIAS SEM CALCINHAS E FUI MONTAR A CAVALO
PARA A QUINTA DO MEU PAI. AO SAIR A CAVALO REPAREI QUE O MEU CAVALO ESTAVA EXCITADO DEVIDO A UMAS EGUAS QUE ESTAVAM
POR PERTO, DEIXANDO SEU PAU DE FORA E FICANDO MUITO BRAVO. AO SENTIR AQUILO SAI DE CIMA DELE E FUI CAMINHANDO A PÉ PARA
VER SE O ACALMAVA. PASSADO UM POUCO VI QUE EKE CONTINUAVA IGUAL, COM UM PAU ENORME, E SENTI UMA VONTADE ENORME DE LHE TOCAR
PARA O ACALMAR, MAS FOI PIOR POIS AINDA SE EXCITOU MAIS. FOI QUANDO ME VEIO UMA IDEIA Á CABEÇA, METE-LO NA BOCA, AO TENTAR METER
A CABEÇA ENORME VI QUE SABIA MAL, ENTÃO DESPI AS CALÇAS E METI ENTRE AS PERNAS PARA O FAZER GOZAR. E COMESEI A METER O LIQUIDO QUE
ELE DEITAVA DO PAU NO MEU CU DEIXANDO-O BEM MOLHASO. FOI QUANDO NUM EXTINTO ENCOSTEI AQULA CABEÇA ENORME NO MEU CU PENSANDO QUE NÃO
PODIA ENTRAR SEVIDO AO SEU TAMANHO. SENTI TANTO PRAZER QUE ESTAVA QUASE GOZANDO E, ENPINEI MAIS A BUNDA, METENDO BEM NA ENTRADA DO CU,
FOI QUANDO AO MESMO TEMPO O CAVALO ME DÁ UMA ESTOCADA FORTE QUASE METENDO A CABEÇA PROVOCANDO-ME UMA DOR TÃO FORTE QUE IMEDIATAMENTE
TENTEI DESISTIR, MAS AO OLHAR PARA FRENTE ESTAVAM OS MEUS DOIS TIOS ME DIZENDO QUE NÃO PODIA DEIXAR O CAVALO ASSIM E ME AGARRARAM
METENDO-ME DE NOVO DEBAIXO DO CAVALO COM O PAU APONTADO AO MEU CU.. AO SENTIR AQUILO O CAVALO DA-ME OUTRA ESTOCADA LEVANDO-ME A TENTAR FUGIR
MAS NÃO FOI POSSIVEL POIS OS MEUS ME AGARRARAM COM FORÇA DEIXANDO-ME INDEFESO. QUANDO O CAVALO TORNOU A IR PARA A FRENTE, SENTI A MAIOR DOR DA
MINHA VIDA E COMECEI A CHORAR. MAS OS MEUS TIOS ME ABRIRAM O CU AINDA MAIS E ME ENPINARAM MAIS O CU PARA ENTRAR MELHOR. FOIQUANDOSENTI SER
COMPLETAMENTE RASGADO, OUVINDO O MEU TIO DIZER QUE JÁ TINHA ENTRADO A CABEÇA E QUE A PARTIR DE AGORA JÁ NÃO DOIA TANTO. PASSADO UM POUCO
SENTI QUE JÁ A DOR ESTAVA- ME EXCITANDO E SENTI ENTÃO ENTRAR UM BOCASO TÃO GRANDE QUE ME TOCOU NA BARRIGA FAZENDO COMQUE EU SAI-SE COMPLETAMENTE
OS MEUS TIOS ENTÃO ME TORNARAM A ENCOSTAR AQUELE PAU AO MEU CU , ENTRANDO QUASE METADE DE UMA VEZ DEIXANDO O CAVALO GOZAR DENTRO DE MIM

5:17 PM, February 28, 2005  
Anonymous Anonymous said...

PERDI O MEU CABAÇO NO CU COM UM CAVALO

CHAMO-ME PAULO, TENHO 22 ANOS E SEMPRE ADOREI SER ENRABADO, MAS NUNCA TINHA TIDO CORAGEM
DEVIDO A TER MEDO DE SER DESCOBERTO. SEMPRE QUE PODIA VESTIA AS CALCINHAS DA MINHA IRMÃ E IA PARA
A ESCOLA. UMA VEZ DEPILEI O MEU CU TODO E VESTI CINTO DE LIGAS E MEIAS SEM CALCINHAS E FUI MONTAR A CAVALO
PARA A QUINTA DO MEU PAI. AO SAIR A CAVALO REPAREI QUE O MEU CAVALO ESTAVA EXCITADO DEVIDO A UMAS EGUAS QUE ESTAVAM
POR PERTO, DEIXANDO SEU PAU DE FORA E FICANDO MUITO BRAVO. AO SENTIR AQUILO SAI DE CIMA DELE E FUI CAMINHANDO A PÉ PARA
VER SE O ACALMAVA. PASSADO UM POUCO VI QUE EKE CONTINUAVA IGUAL, COM UM PAU ENORME, E SENTI UMA VONTADE ENORME DE LHE TOCAR
PARA O ACALMAR, MAS FOI PIOR POIS AINDA SE EXCITOU MAIS. FOI QUANDO ME VEIO UMA IDEIA Á CABEÇA, METE-LO NA BOCA, AO TENTAR METER
A CABEÇA ENORME VI QUE SABIA MAL, ENTÃO DESPI AS CALÇAS E METI ENTRE AS PERNAS PARA O FAZER GOZAR. E COMESEI A METER O LIQUIDO QUE
ELE DEITAVA DO PAU NO MEU CU DEIXANDO-O BEM MOLHASO. FOI QUANDO NUM EXTINTO ENCOSTEI AQULA CABEÇA ENORME NO MEU CU PENSANDO QUE NÃO
PODIA ENTRAR SEVIDO AO SEU TAMANHO. SENTI TANTO PRAZER QUE ESTAVA QUASE GOZANDO E, ENPINEI MAIS A BUNDA, METENDO BEM NA ENTRADA DO CU,
FOI QUANDO AO MESMO TEMPO O CAVALO ME DÁ UMA ESTOCADA FORTE QUASE METENDO A CABEÇA PROVOCANDO-ME UMA DOR TÃO FORTE QUE IMEDIATAMENTE
TENTEI DESISTIR, MAS AO OLHAR PARA FRENTE ESTAVAM OS MEUS DOIS TIOS ME DIZENDO QUE NÃO PODIA DEIXAR O CAVALO ASSIM E ME AGARRARAM
METENDO-ME DE NOVO DEBAIXO DO CAVALO COM O PAU APONTADO AO MEU CU.. AO SENTIR AQUILO O CAVALO DA-ME OUTRA ESTOCADA LEVANDO-ME A TENTAR FUGIR
MAS NÃO FOI POSSIVEL POIS OS MEUS ME AGARRARAM COM FORÇA DEIXANDO-ME INDEFESO. QUANDO O CAVALO TORNOU A IR PARA A FRENTE, SENTI A MAIOR DOR DA
MINHA VIDA E COMECEI A CHORAR. MAS OS MEUS TIOS ME ABRIRAM O CU AINDA MAIS E ME ENPINARAM MAIS O CU PARA ENTRAR MELHOR. FOIQUANDOSENTI SER
COMPLETAMENTE RASGADO, OUVINDO O MEU TIO DIZER QUE JÁ TINHA ENTRADO A CABEÇA E QUE A PARTIR DE AGORA JÁ NÃO DOIA TANTO. PASSADO UM POUCO
SENTI QUE JÁ A DOR ESTAVA- ME EXCITANDO E SENTI ENTÃO ENTRAR UM BOCASO TÃO GRANDE QUE ME TOCOU NA BARRIGA FAZENDO COMQUE EU SAI-SE COMPLETAMENTE
OS MEUS TIOS ENTÃO ME TORNARAM A ENCOSTAR AQUELE PAU AO MEU CU , ENTRANDO QUASE METADE DE UMA VEZ DEIXANDO O CAVALO GOZAR DENTRO DE MIM

5:18 PM, February 28, 2005  
Anonymous Anonymous said...

PERDI O MEU CABAÇO NO CU COM UM CAVALO

CHAMO-ME PAULO, TENHO 22 ANOS E SEMPRE ADOREI SER ENRABADO, MAS NUNCA TINHA TIDO CORAGEM
DEVIDO A TER MEDO DE SER DESCOBERTO. SEMPRE QUE PODIA VESTIA AS CALCINHAS DA MINHA IRMÃ E IA PARA
A ESCOLA. UMA VEZ DEPILEI O MEU CU TODO E VESTI CINTO DE LIGAS E MEIAS SEM CALCINHAS E FUI MONTAR A CAVALO
PARA A QUINTA DO MEU PAI. AO SAIR A CAVALO REPAREI QUE O MEU CAVALO ESTAVA EXCITADO DEVIDO A UMAS EGUAS QUE ESTAVAM
POR PERTO, DEIXANDO SEU PAU DE FORA E FICANDO MUITO BRAVO. AO SENTIR AQUILO SAI DE CIMA DELE E FUI CAMINHANDO A PÉ PARA
VER SE O ACALMAVA. PASSADO UM POUCO VI QUE EKE CONTINUAVA IGUAL, COM UM PAU ENORME, E SENTI UMA VONTADE ENORME DE LHE TOCAR
PARA O ACALMAR, MAS FOI PIOR POIS AINDA SE EXCITOU MAIS. FOI QUANDO ME VEIO UMA IDEIA Á CABEÇA, METE-LO NA BOCA, AO TENTAR METER
A CABEÇA ENORME VI QUE SABIA MAL, ENTÃO DESPI AS CALÇAS E METI ENTRE AS PERNAS PARA O FAZER GOZAR. E COMESEI A METER O LIQUIDO QUE
ELE DEITAVA DO PAU NO MEU CU DEIXANDO-O BEM MOLHASO. FOI QUANDO NUM EXTINTO ENCOSTEI AQULA CABEÇA ENORME NO MEU CU PENSANDO QUE NÃO
PODIA ENTRAR SEVIDO AO SEU TAMANHO. SENTI TANTO PRAZER QUE ESTAVA QUASE GOZANDO E, ENPINEI MAIS A BUNDA, METENDO BEM NA ENTRADA DO CU,
FOI QUANDO AO MESMO TEMPO O CAVALO ME DÁ UMA ESTOCADA FORTE QUASE METENDO A CABEÇA PROVOCANDO-ME UMA DOR TÃO FORTE QUE IMEDIATAMENTE
TENTEI DESISTIR, MAS AO OLHAR PARA FRENTE ESTAVAM OS MEUS DOIS TIOS ME DIZENDO QUE NÃO PODIA DEIXAR O CAVALO ASSIM E ME AGARRARAM
METENDO-ME DE NOVO DEBAIXO DO CAVALO COM O PAU APONTADO AO MEU CU.. AO SENTIR AQUILO O CAVALO DA-ME OUTRA ESTOCADA LEVANDO-ME A TENTAR FUGIR
MAS NÃO FOI POSSIVEL POIS OS MEUS ME AGARRARAM COM FORÇA DEIXANDO-ME INDEFESO. QUANDO O CAVALO TORNOU A IR PARA A FRENTE, SENTI A MAIOR DOR DA
MINHA VIDA E COMECEI A CHORAR. MAS OS MEUS TIOS ME ABRIRAM O CU AINDA MAIS E ME ENPINARAM MAIS O CU PARA ENTRAR MELHOR. FOIQUANDOSENTI SER
COMPLETAMENTE RASGADO, OUVINDO O MEU TIO DIZER QUE JÁ TINHA ENTRADO A CABEÇA E QUE A PARTIR DE AGORA JÁ NÃO DOIA TANTO. PASSADO UM POUCO
SENTI QUE JÁ A DOR ESTAVA- ME EXCITANDO E SENTI ENTÃO ENTRAR UM BOCASO TÃO GRANDE QUE ME TOCOU NA BARRIGA FAZENDO COMQUE EU SAI-SE COMPLETAMENTE
OS MEUS TIOS ENTÃO ME TORNARAM A ENCOSTAR AQUELE PAU AO MEU CU , ENTRANDO QUASE METADE DE UMA VEZ DEIXANDO O CAVALO GOZAR DENTRO DE MIM

5:18 PM, February 28, 2005  
Anonymous Anonymous said...

PERDI O MEU CABAÇO NO CU COM UM CAVALO

CHAMO-ME PAULO, TENHO 22 ANOS E SEMPRE ADOREI SER ENRABADO, MAS NUNCA TINHA TIDO CORAGEM
DEVIDO A TER MEDO DE SER DESCOBERTO. SEMPRE QUE PODIA VESTIA AS CALCINHAS DA MINHA IRMÃ E IA PARA
A ESCOLA. UMA VEZ DEPILEI O MEU CU TODO E VESTI CINTO DE LIGAS E MEIAS SEM CALCINHAS E FUI MONTAR A CAVALO
PARA A QUINTA DO MEU PAI. AO SAIR A CAVALO REPAREI QUE O MEU CAVALO ESTAVA EXCITADO DEVIDO A UMAS EGUAS QUE ESTAVAM
POR PERTO, DEIXANDO SEU PAU DE FORA E FICANDO MUITO BRAVO. AO SENTIR AQUILO SAI DE CIMA DELE E FUI CAMINHANDO A PÉ PARA
VER SE O ACALMAVA. PASSADO UM POUCO VI QUE EKE CONTINUAVA IGUAL, COM UM PAU ENORME, E SENTI UMA VONTADE ENORME DE LHE TOCAR
PARA O ACALMAR, MAS FOI PIOR POIS AINDA SE EXCITOU MAIS. FOI QUANDO ME VEIO UMA IDEIA Á CABEÇA, METE-LO NA BOCA, AO TENTAR METER
A CABEÇA ENORME VI QUE SABIA MAL, ENTÃO DESPI AS CALÇAS E METI ENTRE AS PERNAS PARA O FAZER GOZAR. E COMESEI A METER O LIQUIDO QUE
ELE DEITAVA DO PAU NO MEU CU DEIXANDO-O BEM MOLHASO. FOI QUANDO NUM EXTINTO ENCOSTEI AQULA CABEÇA ENORME NO MEU CU PENSANDO QUE NÃO
PODIA ENTRAR SEVIDO AO SEU TAMANHO. SENTI TANTO PRAZER QUE ESTAVA QUASE GOZANDO E, ENPINEI MAIS A BUNDA, METENDO BEM NA ENTRADA DO CU,
FOI QUANDO AO MESMO TEMPO O CAVALO ME DÁ UMA ESTOCADA FORTE QUASE METENDO A CABEÇA PROVOCANDO-ME UMA DOR TÃO FORTE QUE IMEDIATAMENTE
TENTEI DESISTIR, MAS AO OLHAR PARA FRENTE ESTAVAM OS MEUS DOIS TIOS ME DIZENDO QUE NÃO PODIA DEIXAR O CAVALO ASSIM E ME AGARRARAM
METENDO-ME DE NOVO DEBAIXO DO CAVALO COM O PAU APONTADO AO MEU CU.. AO SENTIR AQUILO O CAVALO DA-ME OUTRA ESTOCADA LEVANDO-ME A TENTAR FUGIR
MAS NÃO FOI POSSIVEL POIS OS MEUS ME AGARRARAM COM FORÇA DEIXANDO-ME INDEFESO. QUANDO O CAVALO TORNOU A IR PARA A FRENTE, SENTI A MAIOR DOR DA
MINHA VIDA E COMECEI A CHORAR. MAS OS MEUS TIOS ME ABRIRAM O CU AINDA MAIS E ME ENPINARAM MAIS O CU PARA ENTRAR MELHOR. FOIQUANDOSENTI SER
COMPLETAMENTE RASGADO, OUVINDO O MEU TIO DIZER QUE JÁ TINHA ENTRADO A CABEÇA E QUE A PARTIR DE AGORA JÁ NÃO DOIA TANTO. PASSADO UM POUCO
SENTI QUE JÁ A DOR ESTAVA- ME EXCITANDO E SENTI ENTÃO ENTRAR UM BOCASO TÃO GRANDE QUE ME TOCOU NA BARRIGA FAZENDO COMQUE EU SAI-SE COMPLETAMENTE
OS MEUS TIOS ENTÃO ME TORNARAM A ENCOSTAR AQUELE PAU AO MEU CU , ENTRANDO QUASE METADE DE UMA VEZ DEIXANDO O CAVALO GOZAR DENTRO DE MIM

5:18 PM, February 28, 2005  
Anonymous Anonymous said...

A PRIMEIRA VEZ QUE DEI O RABO

Minha primeira experiencia sendo enrabada foi a sensação mais gostosa, mais tesuda que já senti em toda a minha vida.
Nunca tinha dado o rabo e o meu parceiro vivia com aqueles olhos pidões e sempre quando estava fazendo sexo na minha bucetinha, vinha com aqueles dedos tentando alargar meu cuzinho.
Eu sentia muito prazer quando ele passava o dedo na portinha.
Quando era penetrada na xaninha e ele alisava meu cuzinho com o dedo eu ficava com muito tesão, mas tinha muito medo de dar o rabo.
Sempre que estavamos na rua e quando eu dava as costas e me voltava rapidamente para ve-lo, era no meu rabo que seus olhos estavam cravados, e isso não saía da minha cabeça.. pois meu cuzinho piscava de tanta vontade de dar..
Até que um dia.. ele estava se deliciando, enfiando na minha bucetinha toda umida por tras, quando começou a esfregar aquele grosso melado no meu anus.... ssssssssssssss...ahh... que sensação deliciosa... que vontade de ser enrabada.. de dar todos os buracos, de ser fudida que nem uma puta safada.
E ele com aquela voz do caralho de gostosa, perguntou no meu ouvido se eu queria experimentar.
É irrisestivel ver um macho gostoso, que me fodE gostoso na buceta, se rastejar por um rabo... sss...
Não pensei duas vezes e disse que estava preparada...
Ele era todo cuidadoso comigo e tiha muito medo de me machucar. me ensinou que eu devia me tocar enquanto estivesse sentindo muita dor.
Ele ficou forçando na portinha... e o que eu sentia era um puto tesão daquele caralho que parecia uma pedra me penetrando e me rasgando toda.
O que aconteceu a seguir é algo que jamais irei esquecer..logo após ter entrado a cabecinha.. aquela pica gigantesca deslizou pelo meu rabo a dentro... e ele inicialmente começou a me cavalgar devagar... e o que eu sentia era desconhecido e estupendamente gostoso.
Fiquei louca e percebi que dar o rabo é a coisa mais excitante, mais fudida de gostosa que tem na minha vida..
estou sempre depilando meu cuzinho...e quando não tenho o pau dele me penetrando, eu enfio o que tiver de duro pela frente..
Hoje em dia, acho que não viveria mais uma boa transa sem dar o meu rabo, não teria mais graça nenhuma.
Eu fico muito gostosa, muito vadia.. e fico com um tesão que não é desse mundo..
Hoje eu peço para ele me bater na bunda...sss... é delicioso...
Adoro que puxe meus cabelos e adoro procurar sua boca tendo que encaixar a minha bunda em todo o seu pau para virar prá tras..
Ele me come que nem um animal.. se lambuza todo... treme..
parece um cachorro de rua, grudado no rabo da sua cadela..
E eu.. adoro ser arrombada por aquele pau latejando... e adoro ser puta dando o cu.. adoro sentir um caralho dentro do meu rabo e adoro quando ele me bate e cospe no meu cu..
É tudo gostoso e sujo que eu nao tenho vontade de fazer outra coisa..
Agora o meu cuzinho deu pra piscar quando estou com vontade e sempre tenho vontade de dar o rabo, acordo pensando e vou dormir pensando.

Quem quiser experimentar a delícia do meu rabo, me escrevam e se quiserem inventar algo mais, se quiserem me enfiar objetos, me usar que nem uma vadia suja... fiquem a vontade, garanto que não se arrependerão.

11:05 PM, March 03, 2005  
Anonymous Anonymous said...

A PRIMEIRA VEZ QUE DEI O RABO

Minha primeira experiencia sendo enrabada foi a sensação mais gostosa, mais tesuda que já senti em toda a minha vida.
Nunca tinha dado o rabo e o meu parceiro vivia com aqueles olhos pidões e sempre quando estava fazendo sexo na minha bucetinha, vinha com aqueles dedos tentando alargar meu cuzinho.
Eu sentia muito prazer quando ele passava o dedo na portinha.
Quando era penetrada na xaninha e ele alisava meu cuzinho com o dedo eu ficava com muito tesão, mas tinha muito medo de dar o rabo.
Sempre que estavamos na rua e quando eu dava as costas e me voltava rapidamente para ve-lo, era no meu rabo que seus olhos estavam cravados, e isso não saía da minha cabeça.. pois meu cuzinho piscava de tanta vontade de dar..
Até que um dia.. ele estava se deliciando, enfiando na minha bucetinha toda umida por tras, quando começou a esfregar aquele grosso melado no meu anus.... ssssssssssssss...ahh... que sensação deliciosa... que vontade de ser enrabada.. de dar todos os buracos, de ser fudida que nem uma puta safada.
E ele com aquela voz do caralho de gostosa, perguntou no meu ouvido se eu queria experimentar.
É irrisestivel ver um macho gostoso, que me fodE gostoso na buceta, se rastejar por um rabo... sss...
Não pensei duas vezes e disse que estava preparada...
Ele era todo cuidadoso comigo e tiha muito medo de me machucar. me ensinou que eu devia me tocar enquanto estivesse sentindo muita dor.
Ele ficou forçando na portinha... e o que eu sentia era um puto tesão daquele caralho que parecia uma pedra me penetrando e me rasgando toda.
O que aconteceu a seguir é algo que jamais irei esquecer..logo após ter entrado a cabecinha.. aquela pica gigantesca deslizou pelo meu rabo a dentro... e ele inicialmente começou a me cavalgar devagar... e o que eu sentia era desconhecido e estupendamente gostoso.
Fiquei louca e percebi que dar o rabo é a coisa mais excitante, mais fudida de gostosa que tem na minha vida..
estou sempre depilando meu cuzinho...e quando não tenho o pau dele me penetrando, eu enfio o que tiver de duro pela frente..
Hoje em dia, acho que não viveria mais uma boa transa sem dar o meu rabo, não teria mais graça nenhuma.
Eu fico muito gostosa, muito vadia.. e fico com um tesão que não é desse mundo..
Hoje eu peço para ele me bater na bunda...sss... é delicioso...
Adoro que puxe meus cabelos e adoro procurar sua boca tendo que encaixar a minha bunda em todo o seu pau para virar prá tras..
Ele me come que nem um animal.. se lambuza todo... treme..
parece um cachorro de rua, grudado no rabo da sua cadela..
E eu.. adoro ser arrombada por aquele pau latejando... e adoro ser puta dando o cu.. adoro sentir um caralho dentro do meu rabo e adoro quando ele me bate e cospe no meu cu..
É tudo gostoso e sujo que eu nao tenho vontade de fazer outra coisa..
Agora o meu cuzinho deu pra piscar quando estou com vontade e sempre tenho vontade de dar o rabo, acordo pensando e vou dormir pensando.

Quem quiser experimentar a delícia do meu rabo, me escrevam e se quiserem inventar algo mais, se quiserem me enfiar objetos, me usar que nem uma vadia suja... fiquem a vontade, garanto que não se arrependerão.

11:05 PM, March 03, 2005  
Anonymous Anonymous said...

A PRIMEIRA VEZ QUE DEI O RABO

Minha primeira experiencia sendo enrabada foi a sensação mais gostosa, mais tesuda que já senti em toda a minha vida.
Nunca tinha dado o rabo e o meu parceiro vivia com aqueles olhos pidões e sempre quando estava fazendo sexo na minha bucetinha, vinha com aqueles dedos tentando alargar meu cuzinho.
Eu sentia muito prazer quando ele passava o dedo na portinha.
Quando era penetrada na xaninha e ele alisava meu cuzinho com o dedo eu ficava com muito tesão, mas tinha muito medo de dar o rabo.
Sempre que estavamos na rua e quando eu dava as costas e me voltava rapidamente para ve-lo, era no meu rabo que seus olhos estavam cravados, e isso não saía da minha cabeça.. pois meu cuzinho piscava de tanta vontade de dar..
Até que um dia.. ele estava se deliciando, enfiando na minha bucetinha toda umida por tras, quando começou a esfregar aquele grosso melado no meu anus.... ssssssssssssss...ahh... que sensação deliciosa... que vontade de ser enrabada.. de dar todos os buracos, de ser fudida que nem uma puta safada.
E ele com aquela voz do caralho de gostosa, perguntou no meu ouvido se eu queria experimentar.
É irrisestivel ver um macho gostoso, que me fodE gostoso na buceta, se rastejar por um rabo... sss...
Não pensei duas vezes e disse que estava preparada...
Ele era todo cuidadoso comigo e tiha muito medo de me machucar. me ensinou que eu devia me tocar enquanto estivesse sentindo muita dor.
Ele ficou forçando na portinha... e o que eu sentia era um puto tesão daquele caralho que parecia uma pedra me penetrando e me rasgando toda.
O que aconteceu a seguir é algo que jamais irei esquecer..logo após ter entrado a cabecinha.. aquela pica gigantesca deslizou pelo meu rabo a dentro... e ele inicialmente começou a me cavalgar devagar... e o que eu sentia era desconhecido e estupendamente gostoso.
Fiquei louca e percebi que dar o rabo é a coisa mais excitante, mais fudida de gostosa que tem na minha vida..
estou sempre depilando meu cuzinho...e quando não tenho o pau dele me penetrando, eu enfio o que tiver de duro pela frente..
Hoje em dia, acho que não viveria mais uma boa transa sem dar o meu rabo, não teria mais graça nenhuma.
Eu fico muito gostosa, muito vadia.. e fico com um tesão que não é desse mundo..
Hoje eu peço para ele me bater na bunda...sss... é delicioso...
Adoro que puxe meus cabelos e adoro procurar sua boca tendo que encaixar a minha bunda em todo o seu pau para virar prá tras..
Ele me come que nem um animal.. se lambuza todo... treme..
parece um cachorro de rua, grudado no rabo da sua cadela..
E eu.. adoro ser arrombada por aquele pau latejando... e adoro ser puta dando o cu.. adoro sentir um caralho dentro do meu rabo e adoro quando ele me bate e cospe no meu cu..
É tudo gostoso e sujo que eu nao tenho vontade de fazer outra coisa..
Agora o meu cuzinho deu pra piscar quando estou com vontade e sempre tenho vontade de dar o rabo, acordo pensando e vou dormir pensando.

Quem quiser experimentar a delícia do meu rabo, me escrevam e se quiserem inventar algo mais, se quiserem me enfiar objetos, me usar que nem uma vadia suja... fiquem a vontade, garanto que não se arrependerão.

11:05 PM, March 03, 2005  

Post a Comment

<< Home